Topic

cultura

9 petitions

This petition won 2 weeks ago

Petition to LIVEPASS , Move Concerts Brasil

TRANSTORNO: NÃO alterem o dia do Soundhearts Festival no RJ para 19/04!

O Festival Soundhearts, que ocorreria no dia 20 de abril de 2018 (data definida desde o dia 29 de Novembro de 2017, quando o evento foi anunciado) no Rio de Janeiro, teve sua data alterada para o dia 19 de Abril de 2018 (quinta-feira),  faltando apenas cerca de 3 semanas para o evento acontecer. Sabemos que muitos fãs compraram passagem de ônibus / avião e inclusive fizeram reservas em hotéis de forma antecipada e precavida no intuito de garantirem sua presença no show, mesmo com toda a questão da distância e o gasto envolvido em todo esse processo. Alguns clientes são de outras Regiões do Brasil e terão que pagar uma taxa de cancelamento sobre a passagem adquirida e até mesmo sobre a hospedagem que havia sido reservada.  Pedimos encarecidamente aos principais organizadores do evento (Move Concerts Brasil, Soundhearts Festival, Livepass e Banco do Brasil) para que reconsiderem a data original do mesmo em prol dos fãs e clientes que adquiriram seus ingressos e todos aqueles que não residem na cidade do Rio de Janeiro e teriam que se readaptar e arcar com todos os novos custos que fariam diante desta nova e importuna data. Exigimos nossos direitos e o devido respeito como clientes acima de tudo, principalmente quando é notório que haverá um prejuízo, não só por parte dos fãs como do próprio evento em si. Acreditamos que todos os envolvidos na produção do festival, desde as bandas até seus organizadores e patrocinadores, possuem uma reputação a zelar e o compromisso, não só financeiro como também profissional, diante de seus respectivos fãs e clientes.  Se você está lendo esta petição e também se sentiu lesado financeiramente com esta alteração e não deseja cancelar a compra pelo Livepass, mas assistir ao festival e prestigiar a banda Headliner do evento, clique em Assinar este abaixo-assinado e nos ajude a manter nossos direitos como consumidores! 

Marcos Gomes
492 supporters
Started 12 months ago

Petition to bbc one, Steven Moffat, Mark Gatiss, Hartswood Films

Open Letter in Support of Sherlock Creators

Our gratitude and support for Sherlock, produced by Hartswood Films and broadcasted by BBC One, and its creators in regard to its fourth season, aired in January 2017. To BBC, Hartswood Films, Mark Gatiss, Steven Moffat and the entire Sherlock team. We would like to formally thank BBC and Hartswood Films for the idealization and creation of Sherlock, which was broadcast in 2010 and shown in its fourth season in January 2017. The series is critically acclaimed not only for the quality of the script but also for the excellent quality of its production, directing, editing, filming and soundtrack – not to mention the outstanding performance of Benedict Cumberbatch and Martin Freeman, which has captured thousands of fans around the world. We want to show our love and support to Mark Gatiss and Steven Moffat, creators of this excellent show that has been entertaining us for so many years; our love to the entire team of professionals involved in the production of Sherlock and our love to all its cast, especially by the exquisite talent of Benedict Cumberbatch , Martin Freeman, Mark Gatiss, Amanda Abbington, Una Stubs, Rupert Graves, Andrew Scott and Louise Brealey. We know that the creators of Sherlock have been the subject of a few accusations with allegations of queerbaiting and misogyny, which the people in this letter disagree with and do not support. We stand by the freedom that fans have to create healthy interactions with the show, and we support all kinds of ships and fanfics and fanarts but we are aware that the creators of the show have never shown any interest other than what was shown in Sherlock Season Four. This kind of misbehaviour is minimal compared to the great number of satisfied and happy fans around the world, as anyone can see from the millions of viewers that watched it each week. In Brazil and Latin America, many fans enjoyed the fourth season and showed their affection for Season Four, expressing great admiration for its episodes through social networks after the exhibition on Netflix. Attached to this letter are a number of signatures of fans and admirers who love this show and who support its creators. We hope that the current accusations and appeals made by a minimal part of Sherlock fandom will not undermine the willingness and commitment of Mark Gatiss and Steven Moffat in relation to this series if there is a willingness to continue to exhibit it in the future. Kind regards, Sherlock fans. -------------------------------------------------------------------------- Agradecimento e apoio aos criadores da série Sherlock produzida pela BBC – HARTSWOOD FILMS, no que diz respeito a quarta temporada, exibida em Janeiro de 2017. À BBC, Hartswood Films, Mark Gatiss, Steven Moffat e toda a equipe de Sherlock. Gostaríamos de agradecer formalmente a emissora BBC e a produtora Hartswood Films pela idealização da série Sherlock, com transmissão iniciada em 2010 e exibida em sua quarta temporada em Janeiro de 2017. A série é aclamada pela crítica especializada não somente pela qualidade do roteiro mas também pela excelente qualidade técnica em produção, direção, edição, filmagem e trilha sonora - destacando-se ainda a soberba atuação de Benedict Cumberbatch e Martin Freeman, o que conquistou milhares de de fãs ao redor do mundo. Queremos prestar nosso amor e apoio a Mark Gatiss e Steven Moffat, criadores deste excelente programa que tem nos divertido durante tantos anos, a toda a equipe de profissionais envolvidos na produção de Sherlock e ainda a todo seu elenco, principalmente pelo talento primoroso de Benedict Cumberbatch, Martin Freeman, Mark Gatiss, Amanda Abbington, Una Stubs, Rupert Graves, Andrew Scott e Louise Brealey. Sabemos que os criadores de Sherlock foram alvo de denúncias que geraram apelações formais junto à BBC com acusações de queerbaiting e misoginia, o que as pessoas contidas nesta carta discordam e não apoiam. Defendemos a liberdade de se criarem interações saudáveis entre fãs e série, e apoiamos todo o tipo de ships e suas expressões em fanfics, fanarts e afins mas estamos cientes de que os criadores do programa nunca demonstraram nenhum interesse diferente da conclusão vista na quarta temporada da série. Essa parcela de fãs apelativa é mínima comparada a enorme quantidade de fãs satisfeitos ao redor de todo o mundo, como é possível observar nos milhões de telespectadores na audiência em suas exibições semanais. No Brasil e na América Latina, muitos fãs apreciaram da quarta temporada e demonstraram seu carinho e afeto pela história, manifestando grande admiração pelos episódios através das redes sociais após a exibição da quarta temporada de Sherlock na plataforma da Netflix. Esperamos que as acusações e apelações atuais feitas por uma mínima parcela no fandom de Sherlock não prejudique a vontade e o empenho de Mark Gatiss e Steven Moffat em relação relação a esta série, caso exista a vontade de continuar a exibi-la no futuro. Atenciosamente, Fãs de Sherlock.

Sherlock Brasil
956 supporters
Started 1 year ago

Petition to Netflix

Assine contra o filme homofóbico PINK na Netflix!

Pink é um filme mexicano e que foi proibido de ser exibido no México pelo motivo de ofender a comunidade LGBT. Este filme retrata, basicamente, adoção de uma criança por um casal homossexual. Este filme foi todo baseado em premissas religiosas e moralista, incitando a violência contra os homossexuais. Ele insiste em mostrar a aceitação da homoparentalidade como um erro da sociedade. O casal é colocado como sendo incapaz de criar uma criança por que naturaliza a homossexualidade como sendo inferior, promíscua e estereotipada. É chocante ver a criança hiperssexualizada, como se isso fosse devido a convivência com seus pais. Além disso, o filme é totalmente homofóbico e propaga a violência contra LGBTs. O que mais choca é no final do filme, onde as legendas deixam claras o objetivo explicito do filme em mostrar que as famílias homoparentais são ineficientes e fracassadas nas adoções. Por esses motivos, esperamos e exigimos que a Netflix cancele este filme de sua lista de filmes, pois o mesmo é uma ofensa a todas as pessoas LGBT+, famílias LGBT+ e, inclusive, contra a garantia de direitos da população LGBT+. Este filme vai contra nossa Constituição de 1988 do Art. I par. III (Art. 1º – A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado democrático de direito e tem como fundamentos: III - a dignidade da pessoa humana); e Art. III par. IV (Art. 3º – Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação). Vídeo com opinião:  https://www.youtube.com/watch?v=Qz2ujPK8GxY https://www.youtube.com/watch?v=zqi7MPLTqOw    

Gustavo de Souza Valente
4,251 supporters