Petition update

Atualizações sobre o Manifesto Upiá - Reunião do NDE com o NUDHA

Hugo Horácio Duarte
Florianopolis, Brazil

Aug 26, 2021 — 

Olá a todes, antes de noticiarmos os últimos passos referentes ao Manifesto Upiá, vamos fazer algumas erratas do repasse anterior.  


Errata I: A reunião que o departamento faria (e fez) com o NUDHA estava marcada para duas semanas depois da reunião do dia 12 de julho. 
Errata II: houve um ruído de comunicação com a direção do CEART e a reunião do dia 12 não foi gravada.  


Depois da reunião do dia 12/07/2021, o NDE fez uma reunião interna no dia 21/07/2021. A reunião com o NUDHA ocorreu no dia 30/07/2021 sem a presença de estudantes.  Nesse encontro, o NDE apresentou suas propostas referentes ao Manifesto Upiá. 

 
Um passo histórico no design UDESC está sendo dado. As propostas (o texto resposta ao manifesto segue ao final deste texto) vão de encontro com o que o Manifesto traz, porém, houve algumas dúvidas surgidas na leitura do texto. Abaixo seguem a questões conforme foram mandadas ao NDE:  


"• Na seguinte linha: "Também é importante destacar que a Instituição possui diversos espaços e instâncias de interlocução, tanto dentro do Departamento de Design, quanto no Centro de Artes, e é importante que discentes tenham conhecimento de como esses espaços funcionam [...]". A questão que fica é: quais instâncias há dentro do departamento? (no CEART temos conhecimento); 
• A representação estudantil no colegiado é algo que o CADU já está resolvendo. Referente ao item da reformulação curricular, a frase "interlocução com docentes e discentes" garante espaço estudantil nos debates e decisões, correto? 
• As rodas de conversa são uma ótima forma de conhecimento. A ação terá espaço para estudantes ajudarem a organizar?"

*Até ter sido enviado o e-mail acima, não havia sido oficializado os representantes estudantis no colegiado. Agora já esta oficializado, é o Henry Castelar e como suplementes ficou a Paula Martins e Giovanna Costa.


A reposta do departamento foi a seguinte:  
“Todas as ações propostas pelo NDE serão deliberadas em reunião do Colegiado Pleno do Departamento de Design, assim como os questionamentos feitos poderão ser levados pela representação discente, é extremamente importante estas representações nas reuniões do Colegiado”. 


A reunião do colegiado será na segunda semana de setembro. Nossa próxima atualização trará os resultados desse encontro. Referente às propostas do NDE, o NUDHA declarou:  


“É com grande satisfação que recebo o retorno deste departamento relativas as tratativas na reunião de 30/07/21 para qual fui convocada, onde em coletivo discutimos, debatemos e apontamos possibilidades para a ampliação e proposição de novas inserções  curriculares e práticas pedagógicas acerca dos estudos de diversidade, considerando raça, gênero, orientação sexual, deficiência assim como de outros marcadores sociais, sobretudo as questões de raça, gênero e classe; considerando as políticas de ações afirmativas vigentes na Udesc. 
 
Vale ressaltar que lendo as proposições do departamento para o desenvolvimento deste projeto, fica evidente o respeito as demandas apontadas pelos estudantes, bem como as que o Nudha e o departamento vislumbram como possibilidades. O Nudha acompanhará de perto e em parceria com o departamento os desdobramentos das ações propostas.” 
 
É bom ver que o departamento e discentes estão buscando horizontalizar o seu discurso e levar o design UDESC (junto com o movimento estudantil) ao futuro.  

Abaixo segue o texto resposta ao Manifesto feito pelo NDE (não tem como anexar o documento aqui na plataforma Change): 

Florianópolis, 09 de agosto de 2021

À Direção Geral – Sra. Daiane Dordete Steckert Jacobs,
À Coordenadoria do NUDHA – Sra. Maria Aparecida Clemêncio,
À Coordenadoria de Assuntos Estudantis (CAE) – Sra. Tais Adada,
Aos professores/as do Departamento de Design,
Aos discentes do Departamento de Design da UDESC,
Ao Coletivo MUVUCA - Coletivo de Estudantes Negros do CEART,
Aos Representantes da Atlética CEART,

Entendemos que as discussões emergentes na sociedade fazem parte do contexto no qual se insere o design, afinal, o design atende às necessidades da sociedade e tem se reelaborado e se adaptado
ao longo dessas transformações. Nesse contexto ressaltamos a importância do diálogo e de um labor coletivo construtivo, o qual cabe num ambiente democrático de ensino. Esses últimos anos, bastante
atípicos em função da Pandemia de Covid-19 e tantas transformações sociais, vem exigindo um empenho enorme de docentes, discentes, técnicos e técnicas para que a instituição se mantenha em
movimento e certamente, o que podemos tomar desta experiência é que o esforço coletivo, em um clima cooperativo, é fundamental para que as adaptações, reformulações e reelaborações do ensino aconteçam e assim possamos promover novas formas de relações, cada vez de mais respeito à diversidade e inclusão. Portanto, agradecemos os esforços e contribuições discentes e NUDHA, Núcleo de Diversidades, Direitos Humanos e Ações Afirmativas, nas ações colaborativas, em um
construir reflexivo e cordial.
Nesse sentido, destacamos a importância da Representação Discente nas Reuniões de Colegiado, para que estudantes possam melhor compreender, acompanhar e colaborar nas discussões e ações do Departamento, em uma relação cada vez mais próxima e sempre
transparente. Vale lembrar que a Representação Discente possui uma enorme contribuição nas questões discutidas, aprovadas ou não, no Colegiado Pleno do Departamento de Design. Estas representações se tornaram ausentes a partir do início da Pandemia e durante todo período das atividades de ensino remoto. Também é importante destacar que a Instituição possui diversos espaços e instâncias de interlocução, tanto dentro do Departamento de Design, quanto no Centro de Artes, e é importante que discentes tenham conhecimento de como esses espaços funcionam, suas composições e tramitações, para assim poder colaborar nas relações dentro da instituição.
Entre as ações do Departamento e corpo docente do Curso de Design da UDESC, referentes especificamente ao Manifesto Upiá, estão:


• Ampliação dos conteúdos e bibliografias das disciplinas mais aderentes aos temas emergentes, sendo elas História da Arte e do Design, Introdução ao Design, Tipografia, Laboratórios de Desenho, Design e Sociedade, com discussões em reuniões do Núcleo Docente Estruturante (NDE) e reuniões pedagógicas. Também, foram incluídas referências sugeridas no Manifesto, bem como referências pesquisadas por docentes;


• Solicitação da Bibliografia sugerida no Manifesto à Biblioteca Universitária da UDESC;


• Discussões sobre uma reformulação curricular e projeto pedagógico para um ensino do instruir reflexivo e colaborativo, elaborado a partir de um conceito filosófico, incluindo um estudo sobre o contexto social, diversidade cultural e desenvolvimento tecnológico contemporâneo no Brasil e perspectivas futuras. Entende-se que uma reformulação desse
nível requer uma pesquisa aprofundada e ampliada, incluindo uma investigação a cerca de diversas práticas de ensino, interlocução com docentes e discentes e adequações às diretrizes da própria Instituição e Ministério da Educação. Uma mudança desse nível precisa ser feita a médio prazo, ainda mais considerando um futuro pós-pandemia ainda
desconhecido. Vale ressaltar que, no momento, que a Resolução 050/2020 CONSUNI, em seu Art. 9º, prevê a preservação dos Projetos Pedagógico dos Cursos (PCC), portanto não é possível realizar qualquer alteração curricular imediata;


• Elaboração de evento composto por uma série de mesas-redondas centradas nos temas Decolonialismo, inclusão e questões étnicos-raciais em práticas e ensino do Design com convidados/as profissionais e docentes brasileiras/os do campo do design. O evento foi pré-
agendado para os dias 05 e 06 de outubro de 2021 e será realizado no modo online, direcionado às/ao professoras/es e acadêmicas/os do curso, também aberto ao público em geral. Serão aguardadas as confirmações das/os convidadas/os para divulgação das datas e
horários. A estruturação do evento foi discutida junto à Coordenadora do NUDHA Maria Aparecida Clemêncio e professor Representando do Departamento de Design no NUDHA Douglas Ladik Antunes em conjunto como o NDE do Departamento de Design.
Além disso, cabe ressaltar uma série de outras ações relacionadas à temática étnico-racial que têm sido desenvolvidas por professoras/es do Departamento que visam ampliar as percepções e ações do design quanto ao tema, como:


- Publicação do professor Célio Teodorico dos Santos, Uma conversa sobre design e raça, na qual o professor explana sobre o processo criativo e tópicos de raça, privilégio e agência dentro de um contexto de prática e ensino superior de Design para a Revista Transverso da
UEMG (2020);
- Programa de Extensão Os Usos Sociais do Desenho atualmente em sua 5ª edição (ano 10) coordenado pelo professor Douglas Ladik Antunes, o qual toma em suas ações o protagonismo negro e indígena, aproximando a Universidade a outras instituições da sociedade, com a participação de alunas/os bolsistas;
- Projeto de Pesquisa Cartografias Sociais e a Criação de Modelos Físicos: Formação e Consciências das Fronteiras, também coordenado pelo professor Douglas Ladik Antunes, aproximando os estudos e ações em design a grupos sociais Laklãnõ/Xokleng e Guarani Mbyá;
- Participação da docente, professora Anelise Zimmermann, no Grupo de Pesquisa Literalise: Grupo de Pesquisa sobre Literatura Infantil e Juvenil e Práticas de Mediação Literária centrado na temática africana e afro-brasileira (Programa de Pós-Graduação em Educação/UFSC);
- Participação de docentes em eventos como o Congresso Ensino/Aprendizagem das Artes na América Latina: Colonialismo e Questões de Gênero (São Paulo, 2019), evento Designers Pretos Brasileiros (ADG, 2020); mesa Racismo institucional (APRUDESC, 2020), 9ª Semana da Capoeira: Roda Virtual - Racismo na Sociedade Brasileira no Fórum de Capoeira da Grande Florianópolis (2020), mesa Onde vivemos dentro do racismo estrutural (Biblioteca Universitária da UDESC, 2020).

Sabemos que ainda há muito a ser discutido e feito para construirmos um ambiente de ensino cada vez mais inclusivo, de respeito a diversidade étnico-racial e cultural brasileira, de valorização de
nossas origens, nossa cultura, de nossa história e de nosso meio ambiente, em uma aproximação cada vez maior com sociedade e o entorno na qual estamos inseridos. Para tanto, é importante
contarmos com a colaboração e o diálogo cordial permanente entre docentes, discentes e técnicos nesse processo de movimento contínuo crescente.


Atenciosamente,

NDE – Departamento de Design
Prof. Dr. Walter Dutra da Silveira Neto (Presidente)
Profª. Dra. Gabriela Mager (Membro)
Profª. Dra. Anelise Zimmermann (Membro)
Prof. Dr. João Calligaris (Membro)
Prof. Dr. Célio Teodorico dos Santos (Membro)
Prof. Dr. Elton de Moura Nickel (Membro)
Prof. Dr. David Omar Nuñez Diban (Membro)


Keep fighting for people power!

Politicians and rich CEOs shouldn't make all the decisions. Today we ask you to help keep Change.org free and independent. Our job as a public benefit company is to help petitions like this one fight back and get heard. If everyone who saw this chipped in monthly we'd secure Change.org's future today. Help us hold the powerful to account. Can you spare a minute to become a member today?

I'll power Change with $5 monthlyPayment method

Discussion

Please enter a comment.

We were unable to post your comment. Please try again.