Projeto Guri integral: sem fatiamento, sem cortes.

Projeto Guri integral: sem fatiamento, sem cortes.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Mariana Resnik criou este abaixo-assinado para pressionar Secretaria do Estao da Educação e

Somos famílias de alunos do Projeto Guri. Nosso filhos tem diversos tipos de deficiências, ou não,  e participam do programa já há alguns anos. O programa resulta extremamente benéfico, não somente para crianças e jovens com deficiência como para todos os frequentadores e suas famílias. No nível individual a prática do instrumento promove grande quantidade de benefícios sensoriais e cognitivos. Recordemos que se trata de uma outra linguagem, cuja aprendizagem estimula inúmeros recursos cognitivos e reverbera em áreas tão essenciais como a gramática, a semântica e a matemática. No nível sócio cultural, o programa promove o encontro,  a convivência, a troca intelectual e emocional, tão afetada em tempos de pandemia e tão indispensável para toda nação engajada na promoção de uma cultura de paz. Do ponto de vista da família, essa unidade nuclear que, conjuntamente com a escola e organismos educativos é a base da formação do indivíduo e do cultivo de valores de respeito à alteridade, o Programa Guri tem sido um apoio constante na nossa caminhada. E não me refiro apenas à este grupo de mães e pais de filhos com deficiência. Nos referimos às milhares de famílias que participam do programa. Sim, somos muitas, já que o programa está ativo há aproximadamente vinte anos e possui grande capilaridade, abrangendo muitas cidades do interior e do litoral de SP, além da capital. Não se trata apenas de alunos, mas de núcleos familiares que se beneficiam do programa de forma direta ou indireta, há décadas. Um programa que funciona e é tão requisitado pela sociedade, ao ponto de sempre haver longas filas de espera para inscrição nos cursos oferecidos.

 

Por outro lado, estão os excelentes profissionais que são os motores do Programa/ Projeto Guri. Eles lutam diariamente para manter o programa de pé. Porque acreditam no valor daquilo que é ofertado e porque reconhecem, valorizam e  promovem educação de qualidade. Coordenadores, professores, assistentes sociais, funcionários do administrativo e todos os rubros envolvidos trabalham com gosto pelo que fazem, com visível profissionalismo. Seja preparando programas e aulas, seja buscando alternativas para manter os alunos conectados e interligados em tempos tão ásperos como os que estamos vivendo. Sabemos que os profissionais da cultura são um dos que mais tem sofrido com a pandemia. Os shows e eventos, se não acabaram, minguaram quase absolutamente. Sabemos que a escolha da vida de artista não é uma escolha fácil porque vivemos em uma sociedade onde o ganho/aporte material é mais valorizado do que  ganho/aporte imaterial. Quanto ganha meu filho ou filha  adquirindo sensibilidade para diferentes estilos musicais? Quanto ganha meu filho ou filha assimilando sensorialmente  uma pausa, uma nota, um tom, uma escala? Quanto ganha a sociedade com famílias musicalizadas a través dos seus filhos? Os colaboradores do Programa/ Projeto Guri talvez não possam precisar isso em números cientificamente comprovados, talvez não haja havido recursos da ciência destinados a pesquisas de essa índole. Talvez não haja havido interesse em levantar indicadores adequados do impacto social e individual que o programa tem no médio e longo prazo. Pela persistência e afetividade das equipes, pelo seu compromisso e dedicação  com o ensino da música suspeitamos que os resultados são tangíveis, nas diferentes turmas, no decorrer dos semestres. Já no microcosmos das nossas famílias, no caso das famílias que tem filhos com deficiências, os ganhos são fundamentais. Numa sociedade onde políticas efetivas de inclusão sempre parecem engatinhar, onde não há facilidade de acesso a programas multidisciplinares, onde há imensa distancia a ser percorrida entre a legislação vigente e a implementação efetiva dos direitos à educação inclusiva, o Programa/ Projeto Guri é uma exceção e um exemplo a ser seguido. No marco do Guri, a inclusão verdadeiramente acontece e isso se deve a um fato inédito a admirável na nossa sociedade:  o corpo de profissionais acredita de verdade no benefício social da inclusão.

 

 

Finalmente, estamos em alerta. Sabemos que, um par de anos atrás, houve tentativas de extinguir ou fatiar o programa Guri. Nesse contexto houve um importante movimento de pais, alunos, ex-alunos, profissionais do Programa e cidadãos em geral que expressaram sua indignação pela tentativa de extinguir ...um programa socioeducativo que funciona!  Nessa semana, assistimos, novamente indignadas, a um brutal corte de horas-aula (consequentemente salários) dos profissionais do programa. Entendemos que houve um acordo provisório, por conta de uma diminuição no repasse de verbas do Governo do Estado de SP ao Programa /Projeto Guri. Suspeitamos que a diminuição da verba repassada, indica, nas entrelinhas, que a intenção de acabar com o programa continua latente.   Entendemos que se trata de uma estratégia perversa, de dessangrar lentamente o programa, enquanto a pandemia nos segura, e com razão, em nossas casas. Não adormeceremos. Estamos alertas e lutaremos pela integridade do Programa Guri e por todos os profissionais extremamente qualificados que dele participam.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!