A MOOCA PEDE PAZ - CTA 11 - ENCERRAMENTO

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Prezados, 

Vimos por meio deste ressaltar toda sorte de desespero que estamos vivenciando  há cerca de 02 anos. Conforme abaixo assinado feito à época da abertura do CTA 11 -  localizado à Rua João Soares n° 81,(link https://www.change.org/p/prefeito-jo%C3%A3o-d%C3%B3ria-pela-seguran%C3%A7a-da-mooca-agua-rasa-e-regi%C3%A3o - do qual foram coletadas 1.872 assinaturas dos moradores da Mooca, Água Rasa e região e o mesmo foi devidamente protocolado na Subprefeitura mas nada foi feito), continuamos cada vez mais reféns nos nossos lares! Conforme dito anteriormente, desde a abertura do CTA ficamos expostos à toda sorte de perigo. Furtos, roubos, coação, homicídio através de linchamento,  tráfico de drogas, abordagem aos moradores, aos pacientes do AMA Agua Rasa, aos consumidores no Supermercado Chama, nas ruas, até venda de "senhas" na fila do posto de saúde em época de campanha de vacinação e recentemente um caso de ESTUPRO!!

No dia 15/10, dia do professor, uma professora do bairro foi presenteada por um morador do CTA 11 - Mooca, com violência física e sexual, sendo esta abordada na porta de sua casa, ficando em poder do meliante cerca de 1h. Ele a sufocou, amarrou, a amordaçou, a violentou, furou seu corpo com seringa e ainda saiu da residência portando ítens e roupas da vítima! Não obstante, este mesmo "morador" já é conhecido do bairro por apresentar perfil agressivo e adentrar às missas na igreja católica Nossa Senhora de Lourdes e pedir dinheiro aos partícipes da missa, de tal forma, chegando a ameaçar a integridade física de quem nega  lhe dar dinheiro, xingando a pessoa e gesticulando que irá cortar seu pescoço!

Sabemos que todos tem direito a uma vida digna, essa previsão está na nossa Carta Magna e é direito Pétreo, mas que dignidade existe em montar um CTA, acolher os moradores às 17h e coloca-los para fora ás 07h? Eles não tem atividades, oficinas, oportunidade de emprego, tratamento contra a dependência química e alcólica, ficando ali "jogados" o dia todos nas calçadas, fazendo "baile funk" no único ponto de ônibus do Ama Agua Rasa, ou até mesmo cometendo crimes de menor e maior potencial ofensivo como o consumo de drogas ao ar livre, roubos em residencias, furtos á pedestres e crimes com grave ameaça como assaltos e agora um crime de estupro. 

Gostaríamos de ressaltar que esse direito Pétreo previsto na CF é "ERGA OMNES", ou seja, VALE PARA TODOS, inclusive para nós, moradores da região! Nós também temos direito à dignidade, temos o direito de ir e vir, o direito de ir ao AMA e não se sentir coagido, ou ir ao mercado Chama sem medo de ser furtado lá dentro, direito de andar em paz nas ruas com nossas crianças. 

A área em que o CTA encontra-se alocado conta com duas escolas particulares - inclusive a vítima de estupro é professora em uma das citadas, um centro de apoio à juventude que cuida de CRIANÇAS o dia todo , uma agência do INSS, um posto de saúde, uma igreja católica e muitas residências. Nas redondezas temos mais duas escolas publicas, comércio vasto, muitos idosos que residem no local, por fim, o local não é adequado para montar uma estrutura de acolhimento sem o devido respaldo da Policia Militar e sem um programa que DE FATO ocupe a mente deles e os reintegre em sociedade de maneira digna! Estamos arriscando as nossas vidas, a vida das nossas crianças, idosos e etc em prol de um CTA mal planejado! A mooca não é área industria!

Antes pleiteamos - sem sucesso - pela alocação de base comunitária móvel na região, hoje nos reunimos neste abaixo assinado online pleiteando a mudança do CTA 11 Mooca para uma região que de fato tenha capacidade de fazer o devido acolhimento. 

Este abaixo assinado será impresso em duas vias e protocolado na subprefeitura de São Paulo e na Prefeitura de São Paulo, bem como após assinado, encaminhado via e-mail aos orgãos competentes! Não vamos mais nos calar! 

A MOOCA PEDE PAZ!!!