Decision Maker

Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB)


Does Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) have the power to decide or influence something you want to change? Start a petition to this decision maker.Start a petition
Petitioning Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), A Caixa Econômica Federal, Governador João Dória, Prefeito Bruno covas, PREFEITO LAURO MICHELS, Ao Governo do Estado de São Paulo

Restituição do Projeto Paralímpico para iniciação de Jovens Atletas com deficiências.

Prezados,  No dia 16 de Abril de 2020, foi encerrado junto ao CPB o Projeto onde crianças e adolescentes faziam a iniciação em esportes coletivos e individuais nas categorias de Paraolimpíadas, como Atletismo, Judô, Natação, Bocha, Tênis de Mesa, e outros esportes que vinham trazendo a felicidade e realização de muitas crianças que enxergavam o esporte como uma motivação e igualdade entre eles. Entendemos que, devido a pandemia estabelecida no país, muitas medias precisam ser tomadas, como o afastamento social, cancelamento de competições e treinos para esses alunos e demais funcionários do Centro Paralímpico Brasileiro. Infelizmente ao decorrer disso, um projeto que havia sido inicializado há dois anos, chegou ao seu fim devido ao desligamento de Professores do projeto, que ajudavam e incentivavam esses jovens a lutar e a crescer com o esporte. Esses alunos não possuem previsão de volta para o esporte o que afeta e muito todo o desenvolvimento deles. E além disso, o principal, esses professores que ficarão sem trabalho. Pedimos a sua ajuda para levar isso as autoridades em busca de não deixar esses professores sem trabalho e essas crianças sem o esporte que é de extrema importância para eles. Ajude a criança e jovem deficiente a crescer e conquistar o seu espaço junto à sociedade. Ajude a esses professores que tanto se esforçam e se dedicam para cuidar e ensinar pessoas especiais. 

Bruna Salerno
3,078 supporters
Restituição do Projeto Paralímpico para iniciação de Jovens Atletas com deficiências.

Escola de Esportes Paralímpicos do CPB retornará em 2021 A Escolinha de Esportes Paralímpicos é um projeto que teve início em 2018 com a missão de incluir as crianças com deficiência por meio da iniciação esportiva. Temos a plena convicção de que o esporte é uma das mais eficazes ferramentas para inclusão do indivíduo com deficiência na sociedade, por sua capacidade de entregar resiliência, promover o resgate da autoestima, além de mudar a percepção da sociedade sobre as limitações e potencialidades da pessoa com deficiência. O projeto cresceu substantivamente e, atualmente, contempla mais de 600 crianças, além de formar e aprimorar uma equipe técnica que hoje é referência para todo o território nacional. Acreditamos que, além da inclusão, nossas escolas de esportes vão consolidar a sustentação do desenvolvimento do desporto paralímpico nacional para os próximos ciclos. O projeto contempla crianças e adolescentes com deficiência dos 8 aos 17 anos, majoritariamente aqueles matriculados na rede pública de ensino do Estado de São Paulo, da capital e de municípios circunvizinhos, em nove modalidades, realizado no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Considerando a pandemia do coronavírus e suas nefastas consequências, muitas das quais ainda desconhecidas; levando em conta a impossibilidade de qualquer prognóstico com relação à volta da normalidade; acreditando também que, eventos com aglomeração de pessoas, sobretudo de integrantes de grupos de risco, como é o caso de uma parte importante dos alunos das escolinhas, dificilmente terão sua realização autorizada até o final do corrente ano; considerando ainda nosso dever de abroquelar a integridade dos nossos alunos, suspendemos as atividades das nossas escolas até o início do ano letivo de 2021. É com imensa tristeza que adotamos esta medida difícil, porém necessária. Por fim, reafirmamos: o projeto Escolinhas de Esportes paralímpicos não acabou e não acabará. Apenas não será realizado no ano de 2020 pela impossibilidade dos alunos em comparecerem às aulas. Mizael Conrado Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro

1 year ago