COMUNIDADE USJT PELO LEARNING CENTER

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


O Learning Center era o maior curso de extensão da Universidade São Judas Tadeu. Iniciou em 1998, quando os docentes do curso de Letras notaram que alguns alunos apresentavam dificuldades em língua inglesa e criaram o curso como forma de reforço/aperfeiçoamento no idioma.
Em 2011, o Learning se expandiu e mudou de formato: passou a atender os alunos de todos os cursos e também os funcionários da instituição.
O Learning funcionava como uma escola de idiomas gratuita. Eram oferecidos cursos de inglês, do nível básico ao avançado, além de aulas de conversação, preparatórios para o FCE (Cambridge English First) e aulas temáticas para interação entre os alunos de diversos níveis. E assim, só no primeiro semestre de 2018, mais de 400 membros da comunidade acadêmica tiveram a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos em língua inglesa.
Além disso, o Learning possuía um blog com dicas de inglês diárias e uma revista online, a Engleasy, com publicações de autoria dos monitores.
As aulas do Learning ocorriam, no Campus Mooca, na pré-aula (das 18h às 19h), e aos sábados, nos Campus Mooca e Butantã, em dois horários, das 9h às 11h e das 11h às 13h.
Os teachers do Learning Center eram alunos do curso de Letras - Português e Inglês Licenciatura, e Letras - Tradutor e Intérprete. Eles recebiam bolsas que começavam em 30%, aumentavam para 50% após um ano de participação, e 60% após dois.
Em meados de 2019, o grupo Anima decidiu suspender as bolsas, tornando a participação voluntária. Os monitores não concordaram com a proposta, e não encontraram-se possíveis substitutos dispostos a aceitarem a nova condição. Desde então, todas as atividades foram suspensas no Learning Center.
Alunos e monitores estão insatisfeitos com as medidas tomadas pelo grupo Anima. O curso atendia a demanda dos discentes em relação a aquisição/aprimoramento de conhecimentos em língua inglesa, gratuitamente e em horários acessíveis. Os alunos dos cursos de Letras adquiriram grandes experiências como docentes, para muitos, a primeira. Além disso, promovia-se uma oportunidade de interação entre públicos de diversas áreas, fato raro e pouco estimulado na universidade.
Contamos com a ajuda de alunos, ex alunos, ex monitores e membros da comunidade acadêmica para colocar essa pauta em discussão e retomar as atividades no Learning Center.


ASSINEM, COMPARTILHEM E LET'S KEEP LEARNING!



Hoje: Nathalie está contando com você!

Nathalie Rodrigues precisa do seu apoio na petição «Universidade São Judas Tadeu: COMUNIDADE USJT PELO LEARNING CENTER». Junte-se agora a Nathalie e mais 2.258 apoiadores.