Petition update

Entrega formal do nosso abaixo-assinado ao Magnífico Reitor da Universidade de Brasília - UnB

Marcelo Holanda
Brasília, Brazil

May 1, 2016 — Querid@s, boa madrugada!

Gostaria de escancarar a alegria que tenho sentido por nossa luta estar seguindo, mesmo diante de um quadro político-social difícil para o nosso país, ainda que o caso de Louise Ribeiro seja igualmente sério.

Nós, 2.850 pessoas que se engajaram a assinar este protesto, tivemos nosso documento formal entregue à autoridade que representa a UnB, o Professor Reitor Ivan Camargo.

Algumas ponderações, que merecem destaque seguidas de meu agradecimento:

1 - Fomos extremamente bem recebid@s. Eu, duas amigas muito queridas que me acompanharam naquela ocasião, a representante do Change.org e a equipe da SECOM/UnB. Isso denota que a atual gestão da nossa UnB é mais participativa e não cerra suas portas às nossas reivindicações;

2 - Nossa reunião foi permeada de sensibilidade. O feminicídio contra a Louise, nossa colega discente e membro da comunidade acadêmica da UnB, catastrofizou a tod@s. Desde a mim, aluno regular da instituição, ao Reitor, que a representa. Nosso cordão umbilical, ali, se uniu e se encontrou; e

3 - Pude, em nome de quem me confiou a assinatura deste abaixo-assinado, expressar a nossa dor, nossa revolta, nossa indignação e nossa contribuição para reverter o quadro de violência de gênero e de feminicídio, a começar pela UnB e que pretende se expandir muros afora.

Dito isto, satisfaço-me em dizê-l@s que o abaixo-assinado será entregue ao Decanato de Assuntos Comunitários da UnB, atualmente gerido pela Professora Therese Gatti, e que nossa luta tomou mais um passo, mas faltam outros e que vamos prosseguir.

Deixo o link de uma matéria postada na imprensa, pelo Jornal Metrópoles, sobre como foi nossa recepção na manhã do dia 29/4/2016.

- Felicidade pulsando por termos caminhado um pouco mais.

- Preocupação aflorada para impedir que outras mulheres tenham o mesmo fim de Louise.

- Não terceirização da responsabilidade sobre essa luta - pelo fim da violência de gênero e do feminicídio, mas a abertura de portas para um trabalho conjunto.

Lema alto e em bom som:

#NãoAoFeminicídio

#SemMaisLouisesMortas


Keep fighting for people power!

Politicians and rich CEOs shouldn't make all the decisions. Today we ask you to help keep Change.org free and independent. Our job as a public benefit company is to help petitions like this one fight back and get heard. If everyone who saw this chipped in monthly we'd secure Change.org's future today. Help us hold the powerful to account. Can you spare a minute to become a member today?

I'll power Change with $5 monthlyPayment method

Discussion

Please enter a comment.

We were unable to post your comment. Please try again.