Boycott Sergio Moro at the Estoril Conferences.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


Open letter to the invited Speakers at the Estoril Conferences, the Cascais City Hall, the organizers of the Conference, and His Excellency the President of the Republic of Portugal,

Did you know that Justice Minister and former judge Sergio Moro from Brazil is an invited speaker in this conference?

This former judge has been heavily criticized for his dealing of the Lula case trial. Even if his actions can be doubted, he has been accepted as a member of a government of the political opponents of Lula, which is very odd to say the least.

Also this current government in Brazil is against democracy, against women, against education, against science, against the environment, against native Brazilians, against African Brazilian culture, and against homosexuals. 

It’s been also revealed by Bolsonaro himself that he exchanged political favours with Bolsonaro to gain a seat at the Brazilian Supreme Court.

More recently, Bolsonaro's government, of which Moro is part, launched an unprecedented attack against Brazil's Universities, with budget cuts that can go as high as 40%, which have been criticised by international organisations worldwide. This is a coordinated attack, since many in his cabinet are known for being anti-science anti-intellectualists.

For these reasons, recently, New York City expelled Bolsonaro from receiving an award there. 

By accepting Sergio Moro to speak at this conference you are condoning his and his government’s actions.

As such, we expect you to take a stand and boycott your participation in this conference unless the organization removes Moro from the list of speakers.

We have also scheduled a peaceful demonstration against his presence in Portugal, which will take place in Carcavelos on the day of his speech (May 28th) from 2pm to 5.30 pm. You are invited to participate.

Thank you.

 

---------------------------------------------------------------------------------------------

Carta Aberta aos Oradores convidados das Conferências do Estoril, à Camara Municipal de Cascais, aos organizadores da conferência e ao Exmo. Sr. Presidente da República Portuguesa.

Sabia que o Ministro da Justiça e ex-juiz Sérgio Moro do Brasil é um orador convidado nesta conferência?

Este ex-juiz tem sido fortemente criticado pela forma como lidou com o caso de Lula da Silva nos tribunais. Mesmo duvidando das suas ações, Moro foi agora aceite num governo que representa a oposição política a Lula, o que é, no mínimo, estranho.

Ainda, o atual governo brasileiro é contra a democracia, contra as mulheres, contra a educação, a ciência, e o ambiente, contra os povos indígenas, a cultura afro-brasileira, e contra os homossexuais. 

Foi ainda revelado recentemente pelo próprio Bolsonaro que trocou favores politicos com Moro para ganhar um lugar na Suprema Corte brasileira.

Ainda mais recentemente, o governo de Bolsonaro, do qual Moro faz parte, lançou um ataque sem precedentes contra as Universidades brasileiras, com cortes no orçamento que podem chegar aos 40%, e que foram criticados por várias organizações internacionais. Isto é um ataque coordenado, dado que muitos ministros deste governo são conhecidos pelas suas posições anti-científicas e anti-intelectualistas.

Pelas mesmas razões, recentemente, a cidade de Nova Iorque expulsou Bolsonaro de aí receber um prémio.

Ao aceitar a participação de Sergio Moro como palestrante nesta conferência, está a compactuar com as suas ações e as do seu governo.

Como tal, pedimos-lhe que tome uma posição e boicote a sua participação nesta conferência a não ser que a organização remova Moro da lista de oradores convidados.

Está ainda agendada uma demonstração pacífica contra a sua presença em Portugal, que terá lugar em Carcavelos no dia em que participará na conferência (28 de Maio) das 14h às 17h30. Estão convidados a participar.

Obrigado.