Pedido de "impeachment" do Ministro Dias Toffoli

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!


O ministro Dias Toffoli já proferiu diversas decisões que contrariam a lei e a ordem constitucional, associado ao Ministro Gilmar Mendes, que parece um seu tutor, demonstrando o descaso com o crime continuado e a intenção de obstrução à justiça.

Tem concedido, especialmente, de forma reiterada, habeas corpus a poderosos (como a Paulo Maluf, o último) , demonstrando julgar com parcialidade e a favor de interesses que nem sempre coincidem com o bem comum. Presidiu o TSE no momento da reeleição de Dilma Rousseff,  validando um pleito de forma inusual, e de uma chapa que abusou do poder econômico de forma incontestável.

Deveria declarar-se impedido, em muitos casos, por ter claríssimos conflitos de interesse em relação às causas que julga, em especial as que têm como Réus filados ao Partido dos Trabalhadores (PT), para o qual prestou serviços como advogado durante alguns anos, tendo inclusive, prestado assessoria a José Dirceu, quando este estava no cargo de Ministro da Casa Civil. Mas ignora este princípio basilar da magistratura, como tem feito regularmente, mais notadamente no caso de Luiz Inácio da Silva, claramente seu padrinho político, além de Presidente de Honra do aludido partido político (PT).

A isso tudo, soma-se o fato de ter sido Duas Vezes reprovado nos concursos para a magistratura.

O Brasil não pode mais conviver com uma situação dessas, em que um ministro da suprema corte age não como operador da justiça, mas como distribuidor de privilégios.



Hoje: Carlos Augusto está contando com você!

Carlos Augusto Bittencourt precisa do seu apoio na petição «Senado Federal: Pedido de "impeachment" do Ministro Dias Toffoli». Junte-se agora a Carlos Augusto e mais 172 apoiadores.