Lei Nacional Sem Canudos Plásticos no Brasil

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


O Rio de Janeiro é a primeira capital brasileira a banir o uso de canudos plásticos em quiosques, bares e restaurantes. O prefeito da cidade, Marcelo Crivella, sancionou o projeto de lei que proíbe a distribuição de canudinhos plásticos em estabelecimentos alimentícios.

Por que somente no Rio de Janeiro?

Porquê centenas de milhares de cariocas apoiaram a causa por meio de uma petição online criada pela ONG Meu Rio, apoiadora do projeto.

Então nós do Instituto Guardiãs do Mar Águas e Direitos junto com diversos estados e partes interessadas, estamos atuando em parceria colaborativa, na implementação de ampliar esta lei para todo o território Nacional.

Precisamos proibir os fabricantes, comerciantes, restaurantes, lanchonetes, bares e similares, barracas de praia e vendedores ambulantes de todo território nacional a comercializarem, usarem e fornecerem aos seus clientes canudos plasticos ou similares e somente fornecerem alternativas em canudos de vidro, alumínio ou de papel biodegradável e/ou reciclável de forma agrupada ou individualmente e hermeticamente embalados com material biodegradável.

Nos precisamos de você de forma consciente e determinado a acabar com a poluição em todas as suas formas e dimensões, e garantir a proteção, recuperação e promoção do uso sustentável dos ecossistemas para combater a perda de biodiversidade alem de assegurar a disponibilidade e gestão sustentável das águas e oceano.

 

 



Hoje: Instituto GDM Guardiãs do mar e Águas está contando com você!

Instituto GDM Guardiãs do mar e Águas precisa do seu apoio na petição «Senado Federal: Lei Nacional Sem Canudos plásticos no Brasil». Junte-se agora a Instituto GDM Guardiãs do mar e Águas e mais 3.976 apoiadores.