#MARCIAFICA

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Nós profissionais, docentes e pesquisadoras (es) da área de Serviço Social e de outras áreas afins, vimos por meio deste nos solidarizar e apoiar o movimento #MARCIAFICA, movimento organizado pelas (os) alunas (os) do curso de Serviço Social da PUC-SP pela permanência da professora Marcia Campos Eurico, no quadro permanente de docentes do Curso de Serviço Social da PUC SP.  A trajetória da professora Marcia Campos Eurico, é pública e notória. Professora universitária na faculdade de Serviço Social, há 12 anos, tem experiência tanto no campo acadêmico como nos espaços sócio ocupacionais, tais como Saúde, Atendimento as pessoas vivendo com HIV, e na área de previdência social. Foi a autora mais citada nos trabalhos enviados ao 15º CBAS – Recife, na temática étnico-racial. Sua dissertação de mestrado é referência não só para o Serviço Social, mas para as (os) pesquisadoras (es) de diversas áreas do conhecimentos. Sua produção acadêmica é vasta, e possui diversos artigos publicados em revistas científicas de ponta tais como Revista de Serviço Social e Sociedade e Revista Ser Social. É constantemente convidada para seminários temáticos, sendo sua última participação no 11º Seminário Nacional de Serviço Social ocorrido em 07/05/2018, irá realizar o seu doutoramento no corrente mês.  Atualmente encontra-se como professora substituta na Faculdade de Serviço Social da PUC SP, seu contrato tem duração até o retorno da professora afastada por licença médica. Nós abaixo assinadas (os) entendemos que a contratação da professora Marcia Campos Eurico é fundamental para a qualidade do curso, bem como o avanço das discussões e da pesquisa. Ressaltamos ainda que o curso de Serviço Social na PUC - SP com 80 anos de existência nunca teve em seu quadro docente uma professora negra, as duas que por lá passaram sendo uma delas a professora Marcia Campos Eurico, eram em caráter temporário. Lembramos ainda que há orientações da ABEPSS - CFESS (2016 - 2018) da imediata inclusão de disciplinas e núcleos de pesquisa que discutam as opressões entre elas o Racismos e as determinações étnico-raciais. A reivindicação das (os) alunas (os) é legítima e portanto #MARCIAFICA.



Hoje: Pesquisadoras (es) Profissionais Docentes está contando com você!

Pesquisadoras (es) Profissionais Docentes em Serviço Social precisa do seu apoio na petição «Reitoria da PUC - SP: #MARCIAFICA». Junte-se agora a Pesquisadoras (es) Profissionais Docentes e mais 1.582 apoiadores.