202,973
Supporters

O tatu-bola é uma espécie endêmica e ameaçada do Brasil e sua escolha como o mascote oficial da Copa do Mundo FIFA 2014 ajudou a chamar a atenção do mundo inteiro para a preservação da espécie. Durante a Copa este abaixo-assinado agregou mais de 150mil assinaturas, agora chegando a mais de 200mil! 

Em março de 2015 o Governo de Pernambuco finalmente cria o Refúgio de Vida Silvestre Tatu-Bola (RVS Tatu-Bola). Ainda em novembro de 2015 o próprio governo pretende revogar o decreto de criação.

Alegam que há pressões locais de agricultores que temem prejuízos coma criação da área protegida. No entanto o que se vê são pressões de grupos políticos e muita desinformação que o governo não tem sido capaz de manejar.

O tatu-bola está há mais de 10 anos na lista de extinção e por enquanto pouco foi feito para evitar seu desaparecimento. O RVS Tatu-Bola protege não só esse animal como toda a Caatinga, o menos protegido dos ecossistemas brasileiros e o único exclusivo.

Como pesquisador da Universidade Federal de Pernambuco, eu e meus colegas estamos frequentemente participando de expedições na Caatinga, e a ampliação das áreas de proteção desse bioma é uma demanda nossa de longa data. Consideramos um retrocesso sem precedentes a revogação do decreto de criação do RVS Tatu-Bola.

Assine agora pela Manutenção do Parque do Tatu-Bola.

 

Letter to
Governador do Estado de Pernambuco Governador Paulo Câmara
Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade Sérgio Xavier
Ministério do Meio Ambiente
Exmo Sr. Governador Paulo Câmara

Recentemente o Consema aprovou a recomendação de revogação do decreto de criação do RVS Tatu-Bola. Caso essa atitude seja tomada será talvez o maior equívoco ambiental cometido por um governo. Nunca na história do Brasil se revogou uma unidade de conservação tão grande e em tão pouco tempo depois de criada.

O governo de Pernambuco corre o risco de cometer essa insensatez.

Há uma onda de desinformação que gera preocupação entre os agricultores da região onde foi criado o RVS Tatu-Bola. Medo de desapropriação, limitação de crédito e outros mitos têm sido levianamente alimentados entre os trabalhadores rurais da região.

No entanto, é papel do governo informar e esclarecer.

Houve a criação de um grupo de trabalho para esclarecer os agricultores e acelerar a confecção do plano de manejo da área que é o documento que rege as atividades agrícolas. Esse é o caminho correto, honesto e pacificador. A transformação em APA é praticamente retirar qualquer proteção da área,

Houve disponibilidade de membros da UFPE e UNIVASF para participar dessa força tarefa, mas infelizmente fomos inexplicavelmente excluídos do debate pela equipe da SEMAS.

A saída para o conflito é o diálogo com esclarecimento e o trabalho duro para transformar o RVS Tatu-Bola, a maior obra ambiental de seu governo, num modelo de desenvolvimento.

Tornemos público o debate, esclareçamos a população da região, mas não voltemos atrás no legado de sustentabilidade mais importante significativo ate agora deixado por qualquer governo em Pernambuco.

Felipe Melo started this petition with a single signature, and now has 202,973 supporters. Start a petition today to change something you care about.