Petition Closed

São árvores sadias e não há compensação ambiental verdadeira para o bairro do Brooklin. Além disso, é absolutamente possível a construção da estação do Metrô sem nenhum prejuízo e/ou até de mais um viaduto (há espaço mais do que suficiente) sem que as árvores sejam cortadas.

Nós, moradores do entorno e simpatizantes da causa, queremos a revisão da planta de construção da Estação Campo Belo do Metrô Linha Lilás. Entendemos que a permanência da monumental seringueira e de outras árvores da Av. Santo Amaro próximas da esquina da Av. Jornalista Roberto Marinho é de fundamental importância para a história e para a saúde ambiental do bairro, e estamos certos de que é perfeitamente possível poupá-las, alterando o planejamento de modo a incluir as árvores no projeto arquitetônico/paisagístico da estação, ao invés de simplesmente eliminar essa, que é uma das mais antigas moradoras do bairro, e suas vizinhas (pau-ferro, paineira e seringueira do nº3334).

Letter to
Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, SP Secretário
Subprefeito - Pinheiros Angelo Salvador Filardo Junior
O objetivo deste abaixo-assinado é preservar as árvores do canteiro central da Av. Santo Amaro próximo da Av. Jornalista Roberto Marinho.

Por serem árvores sadias e por entender que não há compensação ambiental verdadeira para o bairro do Brooklin. Além disso, ser absolutamente possível a construção da estação do Metrô sem nenhum prejuízo e/ou até de mais um viaduto (há espaço mais do que suficiente para isso) sem que as árvores sejam cortadas.

Nós, moradores do entorno e simpatizantes da causa, queremos a revisão da planta de construção da Estação Campo Belo do Metrô Linha Lilás. Entendemos que a permanência da monumental seringueira e de outras árvores da Av. Santo Amaro próximas da esquina da Av. Jornalista Roberto Marinho é de fundamental importância para a história e para a saúde ambiental do bairro, e estamos certos de que é perfeitamente possível poupá-las, alterando o planejamento de modo a incluir as árvores no projeto arquitetônico/paisagístico da estação, ao invés de simplesmente eliminar essa, que é uma das mais antigas moradoras do bairro, e suas vizinhas (pau-ferro, paineira e seringueira do nº3334).