Pedimos o fim de escapamentos sem silencioso em motos e carros!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Você já perdeu o sono ou deixou de fazer atividades comuns por causa de barulho de escapamento de motos ou carros?

É proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) retirar o miolo do silencioso -peça que reduz o é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) retirar o miolo do silencioso -peça que reduz o ruído do motor dos veículos- ou furar o escapamento. Fazer essa prática não é um crime de trânsito, se encaixa como infração administrativa, portanto, o condutor não sofre processo, mas pode pagar multa e os documentos do carro serem retidos. Há dois artigos em que citam as punições aos pilotos ou motoristas:

Artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro, par.11 – se o condutor for pego com descarga livre ou silenciador de motor é previsto neste artigo que se for possível regularizar a situação do veículo no mesmo momento em que foi autuado, logo em seguida o condutor pode ir embora. O condutor perde 5 pontos na carteira e paga multa de 127,96 reais.

Artigo 270, par.2 – se o condutor for pego com descarga livre ou silenciador de motor é previsto a retenção do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). No lugar, é entregue um guia e o condutor tem o prazo de cinco dias para regularizar a situação do veículo e poder retirar os documentos. O condutor perde 5 pontos na carteira e paga multa de 127,96 reais.

Fiscalização

A fiscalização, dentro do perímetro urbano, é feita pela Polícia Militar, através de flagrante, blitz ou denúncias realizadas no 190 feitas por moradores que se incomodam com o barulho. No Brasil, é utilizado pela polícia o decibelímetro – medidor de pressão sonora – e, segundo a Lei, o máximo permitido são 99 decibéis para motos fabricadas até 31/12/1998 e a partir de 01/01/1999 o limite máximo é de 3 decibéis acima do descrito no manual original do fabricante. do motor dos veículos- ou furar o escapamento. Fazer essa prática não é um crime de trânsito, se encaixa como infração administrativa, portanto, o condutor não sofre processo, mas pode pagar multa e os documentos do carro serem retidos. Há dois artigos em que citam as punições aos pilotos ou motoristas:

Artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro, par.11 – se o condutor for pego com descarga livre ou silenciador de motor é previsto neste artigo que se for possível regularizar a situação do veículo no mesmo momento em que foi autuado, logo em seguida o condutor pode ir embora. O condutor perde 5 pontos na carteira e paga multa de 127,96 reais.

Artigo 270, par.2 – se o condutor for pego com descarga livre ou silenciador de motor é previsto a retenção do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). No lugar, é entregue um guia e o condutor tem o prazo de cinco dias para regularizar a situação do veículo e poder retirar os documentos. O condutor perde 5 pontos na carteira e paga multa de 127,96 reais.



Hoje: Eddie está contando com você!

Eddie Hg precisa do seu apoio na petição «Prefeituras e Departamentos de Transito: Pedimos o fim de escapamentos sem silencioso em motos e carros!». Junte-se agora a Eddie e mais 35 apoiadores.