Nos ajude a salvar 70 capivaras - Sorocaba

Nos ajude a salvar 70 capivaras - Sorocaba

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


Cerca de 70 capivaras de um Condomínio particular de Sorocaba correm o risco de serem enviadas para um CRIADOR COMERCIAL no Estado de GOIÁS. 

Em 2006 o MP fez um TAC entre a Prefeitura de Sorocaba e o Condomínio, que determinava a retirada de todas as capivaras e providências para impedir que novos animais adentrassem no local. 14 anos depois, ou seja, em 2019/2020 foi constatado o descumprimento do TAC, com a presença de novos 70 animais no Condomínio. 

De acordo com a legislação, o MP executou o TAC NÃO CUMPRIDO, que resultou numa ORDEM JUDICIAL para retirada das mesmas e encaminhamento para um criador CONSERVACIONISTA (repita-se CONSERVACIONISTA E NÃO CRIADOR COMERCIAL). 

Ocorre que a empresa contratada pelo Condomínio para o manejo dos animais, apresentou como único destino viável, um criador comercial no Estado de Goiás.

A alegação é que os 70 animais não serão abatidos ou comercializados. “SOMENTE“ OS FILHOTES DESSES 70 EXEMPLARES SERÃO EXPLORADOS COMERCIALMENTE. 

A Prefeitura não aceitou receber os animais em seus Parques Públicos, mesmo sendo eles provenientes desses Parques e  SORONEGATIVOS PARA A BACTÉRIA DA FEBRE MACULOSA e ainda que sejam previamente castrados e devidamente pulverizados contra os carrapatos. 

Pedimos às autoridades ligadas ao caso - Ministério Público do Meio Ambiente e Prefeitura de Sorocaba - que não aceitem referido local em Goiás como destino desses animais. 

Pedimos que haja empenho por parte da Prefeitura de Sorocaba na busca de um local adequado para essas capivaras, onde sejam preservadas e possam viver e morrer naturalmente, sem serem exploradas comercialmente. 


Em pleno 2020 admitirmos que 70 vidas sejam translocadas numa viagem de cerca de 12 horas de SOROCABA a GOIÁS para servirem de matrizes para que seus filhotes seja mortos e comercializados é realmente um retrocesso sem tamanho e, portanto, inadmissível.