Vitória confirmada

Aprove o tratamento para que Barbara possa continuar andando! #LiberaPetrobras

Este abaixo-assinado foi vitorioso com 25.995 apoiadores!


Meu nome é Teresa Cortez, sou professora universitária e acompanho de perto a vida da minha afilhada Barbara, de 12 anos. Ela nasceu prematura, lutou para sobreviver e sofre de uma grave paralisia cerebral, que causa efeitos como a retração dos tendões das pernas.

Os médicos dela disseram que ela precisa fazer um tratamento com toxina botulínica. Sem isso, ela corre o risco de ficar com as pernas deformadas e até não andar nunca mais. Só que o convênio médico da Petrobras, que atende a família de Barbara, negou o tratamento!

A família de Barbara tem o convênio da Petrobras faz 5 anos - o pai dela é cozinheiro da petroleira. Ele paga mensalmente o plano de saúde, e para quê? Para a Petrobras negar tratamento quando a família precisa?

Os pais de Barbara estão angustiados porque não tem dinheiro para pagar o remédio. Criei este abaixo-assinado para pedir sua ajuda: clique, assine e divulgue para salvar a vida de uma menina que é alegre e gentil, dança jazz e faz atividades físicas. Vamos pedir que a Petrobras não deixe que Barbara fique com sequelas nas pernas.

O mais chocante é que o Ministério da Saúde reconhece o tratamento por toxina botulínica, mas o convênio da Petrobras nega o tratamento por falta de recursos. Sou professora de enfermagem da UFRJ e me aflige saber que Barbara corre risco de ter deformidades. A Petrobras não deveria se omitir.



Hoje: Teresa Cristina está contando com você!

Teresa Cristina Escrivão Soares Cortez precisa do seu apoio na petição «Petrobras: Aprove o tratamento para que Barbara possa continuar andando! #LiberaPetrobras». Junte-se agora a Teresa Cristina e mais 25.994 apoiadores.