Abaixo-assinado encerrado

Pela Permanência do Professor Maurício Cardoso (História-USP) no regime de trabalho RDIDP

Este abaixo-assinado conseguiu 2.265 apoiadores!


O trabalho de pesquisa conduzido pelo Professor Dr. Maurício Cardoso tem o enfoque na formação do professor de História, na discussão sobre o ensino de história e na área de História do Ensino. Ao submetê-lo à avaliação da Comissão Especial de Regimes de Trabalho (CERT) o professor teve seus trabalhos rejeitados, sob o pretexto de que este tipo de pesquisa e publicação não condizem com as necessidades e realidade do curso. Como consequência direta desta ação, o professor pode perder sua posição no Regime de Dedicação Integral à Docência e Pesquisa (RDIDP), sendo recolocado em Regime de Turno Parcial, além do corte abrupto de seu salário e o cancelamento dos projetos de Iniciação Científica, pós-graduação e bolsas nos quais está envolvido. A rejeição de um trabalho de pesquisa sob tal pretexto mostra claramente a disposição da Reitoria e seus órgãos, tais como a CERT, para com o curso de história: uma intenção clara de precarização do nosso curso e corte de gastos para pesquisa e ensino. 

Os estudantes de História, aqui abaixo assinados, não aceitam o desmonte da educação pública e da USP, e vêm por meio desta exigir, em defesa do Professor Dr. Maurício Cardoso, a aprovação imediata de seus trabalhos de pesquisa pela CERT, para que ele continue a exercer suas plenamente suas funções como professor em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa (RDIDP) do Departamento de História.



Hoje: André está contando com você!

André Paris precisa do seu apoio na petição «Pela Permanência do Professor Maurício Cardoso (História-USP) no regime de trabalho RDIDP». Junte-se agora a André e mais 2.264 apoiadores.