Não à fusão dos ministérios do Meio Ambiente e Agricultura!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 300.000!


Jair Bolsonaro tinha em seu plano de governo a fusão entre os Ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente (leia mais nesta reportagem da BBC).

No entanto, no dia 24 de outubro, antes do segundo turno, ele deu uma declaração durante uma transmissão ao vivo pelo Facebook dizendo que poderia manter o Ministério do Meio Ambiente. “Da minha parte, estou pronto para negociar", disse Bolsonaro (leia mais nesta reportagem da Agência Brasil).

Agora o presidente eleito voltou atrás com sua promessa, apenas dois dias depois da sua eleição, confirmando a fusão entre os dois ministérios (leia mais nesta reportagem da Infomoney).

Nós estamos por aqui para cobrar a negociação à qual ele se diz disposto! E por que é importante manter o Ministério do Meio Ambiente?

1) O Ministério do Meio Ambiente (MMA) tem como missão promover a adoção de princípios e estratégias para o conhecimento, a proteção e a recuperação do meio ambiente, o uso sustentável dos recursos naturais, a valorização dos serviços ambientais e a inserção do desenvolvimento sustentável na formulação e na implementação de políticas públicas, em todos os níveis e instâncias de governo e sociedade, se demonstrando um ministério extremamente estratégico para a preservação e o desenvolvimento do nosso país.

2) Este ministério cuida de um setor muito grande para ser incluído dentro de outra pasta.

3) Leve em consideração os programas que este ministério já elaborou, como o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAm), que promoveu a redução de 84% do desmatamento em 2012 em comparação a 2004; e o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado), que protege o nosso segundo maior bioma.

4) Lembre-se que deficit da previdência não pode ser motivo para a degradação ambiental do nosso país.

5) Graças às políticas ambientais o Brasil conseguiu reduzir 76,7% de emissões de CO2 no setor de uso da terra e florestas entre 2005 e 2010

6) Lembre-se que o Brasil possui mais de 100 mil espécies de invertebrados e cerca de 8 mil vertebrados para serem protegidas.

7) O Brasil detém o maior patrimônio de biodiversidade do mundo, com 41 mil espécies catalogadas. Essa biodiversidade deve ser protegida para o desenvolvimento econômico e científico!

8) O orçamento do Ministério do Meio Ambiente (MMA) com as despesas para a implantação de políticas públicas em 2017 foi de aproximadamente 1 bilhão de reais. Ao comparar com o deficit da previdência de 2019 de R$ 218 bilhões, não seria justo esse ministério ser reduzido para o controle das contas publicas.



Hoje: Dia do Basta está contando com você!

Dia do Basta precisa do seu apoio na petição «Não à fusão dos ministérios do Meio Ambiente e Agricultura!». Junte-se agora a Dia do Basta e mais 283.456 apoiadores.