JUSTIÇA para os bombeiros voluntários de Alter do Chão! TRANSPARÊNCIA para o inquérito!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 150.000!


Alguém que tem a preservação do meio ambiente no seu DNA, combatendo os incêndios da Amazônia, seria a pessoa que causou tais incêndios? Eu não acho possível, e duvido que alguém em sã consciência acreditaria nisso.

Mesmo assim, a Polícia Civil do Pará abriu inquérito e prendeu injustamente voluntários da Brigada de Incêndio de Alter do Chão, no Pará. Mesmo que o Ministério Público Federal tenha dito que não há indícios da participação deles em incêndios florestais, a polícia atuou para que a prisão ocorresse.

A imprensa já mostrou que não há evidências de crime, não há nenhuma prova sequer de que os brigadistas tenham causado qualquer incêndio. Pelo contrário: a atuação deles sempre foi no sentido de prevenir o fogo.

Por isso, pedimos à Justiça, à Polícia Civil e ao governo do Pará que dê transparência a TODAS as informações obtidas no inquérito e que acabe com esta investigação que tem como único objetivo desmoralizar os ativistas que defendem a Amazônia!

Os verdadeiros suspeitos do incêndio são os grileiros, como aponta a investigação federal! Queremos transparência até o fim deste inquérito que é injusto e calunioso, e se volta contra quem justamente quer preservar a Amazônia!

O primeiro absurdo já foi corrigido, porque a Justiça entendeu que a prisão dos brigadistas, que atuam como bombeiros voluntários em Alter do Chão, era ilegal. Mas é preciso fazer ainda mais: eles são inocentes! Não podem ser acusados de crimes que não cometeram e precisam voltar ás suas atividades profissionais e voluntárias, continuando o trabalho como bombeiros voluntários!

Clique, assine e compartilhe se você é a favor da defesa da Amazônia!

Obrigada, 

Gabriela Montenegro

CORE- Comunidade Reinventando a Educação