Abaixo-assinado encerrado

Isentem as escolas públicas de São Paulo de tarifas bancárias!

Este abaixo-assinado conseguiu 12.784 apoiadores!


Pedimos que a Prefeitura de São Paulo, a Secretaria Municipal da Educação e o Banco do Brasil isentem as escolas públicas das taxas bancárias! Sem esta isenção, parte do dinheiro arrecadado pelos impostos fica para o banco na forma de tarifa, enquanto poderia ser destinado à melhoria das escolas!

Sou mãe de três crianças, autora do Mamatraca, um blog sobre maternidade e cidadania, e considero a educação muito importante para o desenvolvimento do Brasil - por isso eu e milhares de pessoas estamos cobrando esta medida

Cerca de R$ 2 milhões AO ANO que deveriam ir para educação estão sendo gastos para pagar os bancos. O mais estranho é que não há isenção no âmbito municipal, mas outra verba, de origem federal e também recebida por escolas, já é isenta de taxas e também cai numa conta do Banco do Brasil.

Isso mostra que há precedente, ou seja, é viável que a Prefeitura de São Paulo e o Banco do Brasil adotem tal medida, como já acontece em nível federal.

Para um banco, isso equivale a um trocado; mas, para uma escola pública, é um importante valor!

É importante ressaltar que o dinheiro conseguido com a isenção das tarifas deve ser revertido, integralmente, para as escolas públicas, que carecem desde de brinquedos até materiais didáticos.

Com esse dinheiro, a escola poderia promover melhorias para os estudantes e professores, como aquisição de materiais pedagógicos, esportivos, passeios educativos, entre tantas outras coisas fundamentais para uma educação de qualidade.

Veja a descrição dessa mobilização na íntegra



Hoje: ANNE está contando com você!

ANNE RAMMI precisa do seu apoio na petição «Isentem as escolas públicas de São Paulo das taxas bancárias! Mais de R$ 2 milhões da educação estão sendo desperdiçados!». Junte-se agora a ANNE e mais 12.783 apoiadores.