Apoio à luta dos docentes da UERN #UERNLuta

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 10.000!


Os docentes da UERN estão em greve desde 10 de novembro de 2017. Há 20 meses, eles têm sofrido pela incerteza do pagamento dos seus salários e pelo descaso crescente por parte de uma gestão que não tem priorizado a UERN e seus envolvidos. 

O apoio pela atitude de resistência dos docentes é essencial para manutenção de uma universidade pública, gratuita e feita para todos. Não se calar pelos seus direitos e ir até a linha de frente lutar é uma atitude corajosa e absolutamente democrática.

Não seremos coniventes com governos que desvalorizam o bem público e que não tratam educação como um dos principais legados de uma nação. Denunciamos o sucateamento da universidade, o desrespeito para com o trabalho árduo dos professores e prejuízo deixado para a comunidade, que se utiliza de diversos serviços oferecidos por alunos graduandos e que ficam inviáveis em momentos como este.

Esperamos contar com a consciência do governador para a regulamentação da situação dos docentes. E, quanto aos docentes, admiramos e respeitamos a luta.

Se você também apoia a causa, assine esse abaixo-assinado e seja soma.

Nos tempos em que se governaDOR, a #UERNLuta

 

CACER - Centro Acadêmico Carlos Ernani Rosado (Gestão Roda Viva)

Medicina - UERN



Hoje: UERN está contando com você!

UERN Luta precisa do seu apoio na petição «Governador Robinson Faria: Apoio à luta dos docentes da UERN #UERNLuta». Junte-se agora a UERN e mais 7.880 apoiadores.