Ação urgente contra o rompimento da barragem de Camorim - Jacarepaguá, RJ

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 15.000!


Em 15 de dezembro de 2019 foram divulgados alertas sobre o risco iminente de rompimento da barragem do Camorim, na reserva biológica do Parque Estadual da Pedra Branca. Em vistorias feitas pela CEDAE, a barragem apresenta diversas anomalias visíveis, dentre as quais o desbarrancamento do solo natural, atingindo e rompendo uma tubulação e tombamento parcial de trecho de muro de contenção. Desde 2017, data da primeira vistoria, não foram adotadas pela CEDAE as providências recomendadas. O rompimento desta barragem pode causar uma catástrofe sobre milhares de moradores da região de Jacarepaguá e Recreio dos Bandeirantes, localizados no Rio de Janeiro.