Abaixo assinado para Suspensão da Resolução 382/20 da Susep

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Solicitados a suspensão da Resolução 382/20, valor de comissão que o Corretor de Seguros, empresário na forma da lei, pessoa jurídica, terá que informar ao cliente, previsto para 1º de julho de 2020.

Essa medida é absurda, somos 40 mil corretores, empresários no Estado de São Paulo, gerando empregos, porque devemos mostrar nosso faturamento bruto, enquanto nenhuma outra empresa monstra os seus devidos ganhos, nenhuma empresa é obrigada a tal demonstração, porque apenas nossa classe deve ser obrigada a essa medida?

Outros absurdos, como exemplo, a criação da figura do “cliente oculto”, classificada como uma “pegadinha virtual”. A SUSEP quer que o servidor da autarquia seja o cliente oculto, para fiscalizar o corretor de seguros, que estaria omitindo esse valor da comissão em suas propostas.