Petitioning Estante Virtual / André Gracia and 4 others
1 response

Por uma Estante Virtual mais justa para todos! Contra o aumento extorsivo de 100% nas tarifas. Contra as decisões unilaterais. Contra os abusos administrativos!


17,938
Supporters

Prezados,

Nos últimos dias foi anunciado pela administração do portal Estante Virtual (marketplace de sebos e livreiros de todo o Brasil), na pessoa do Sr. André Garcia, uma série de mudanças nas regras de funcionamento do site que contrariam a vontade dos maiores interessados no negócio: os amantes dos livros e da cultura - leitores e livreiros. Mudanças estas que foram impostas, por decisão unilateral, sem qualquer consulta aos vendedores que fazem o portal.

Dentre estas imposições salientamos um aumento de 100% nas tarifas sobre as vendas, meios de pagamento eletrônico incompetentes, e uma subdivisão de vendedores em classes, prejudicando os pequenos vendores, em favorecimento aos mega vendedores.

A Estante Virtual surgiu em 2005 como uma oportunidade de expansão de negócios para todos os sebos do Brasil, que puderam passar a vender seus livros em âmbito nacional, representando uma grande difusão cultural, mas acima de tudo nasceu como uma parceria proposta a todos por André Garcia.

Contudo, neste momento o portal está se mostrando um adversário da classe, assim como dos próprios leitores, pois certamente os custos destas arbitrariedades terão que ser repassados ao consumidor final, sob pena de fechamento de muitos sebos modestos que dependem das vendas pela Estante Virtual para sua sobrevivência.

Buscamos, com este protesto, abrir um canal de comunicação real e efetivo com a administração do site, pois estamos sendo ignorados, para que possamos continuar prestando o serviço dedicado e carinhoso que temos com nossa atividade, nossos clientes e livros. Acreditamos que quem faz 90% do bom trabalho apresentado pela Estante Virtual são os livreiros, e portanto merecemos poder de intervenção nas decisões que afetarão milhares de pessoas, leitores e vendedores.

Neste manifesto pedimos a adesão e assinatura de todos, para que a cultura em nosso país não seja mais um vez sucateada pelos interesses ambiciosos de particulares.

Letter to
Estante Virtual / André Gracia
Estante Virtual / André Gracia
Estante Virtual / Assessoria de Comunicação
and 2 others
Estante Virtual / Assessoria de Comunicação
Estante Virtual / Administrativo
Carta de Reivindicações
Ao Sr. André Garcia
Com as últimas modificações anunciadas pela Estante Virtual foi provado, mais uma vez, que seus administradores pouco se importam com quem dá vida e alimenta o portal, que somos nós, livreiros. Em face de isso, vimos por meio deste documento colocar uma série de problemas e nossas reivindicações.

Considerando que,
Somos nós, livreiros, que alimentamos o portal, temos o trabalho, atendemos aos pedidos dos clientes e resolvemos a maioria absoluta dos problemas enfrentados nas transações;
Somos mal atendidos pelos funcionários da Estante Virtual, que resolvem todos os problemas dos clientes e poucos problemas dos livreiros;
Decisões unilaterais são tomadas constantemente pelos administradores do portal, sem qualquer tipo de consulta ou pesquisa de opinião com os livreiros;
A maior parte das decisões tomadas nos últimos anos prejudicam diretamente nosso trabalho;
Não há controle sobre clientes que dão vários tipos de golpes, seja na compra ou qualificação indevida;
Arcamos sozinhos com prejuízos de reembolso aos clientes devido a problemas com os Correios, sendo que nem a devolução das taxas pagas a EV recebemos nesses casos;
O MOIP está com problemas, seja para reembolsos parciais que, ou não são feitos, ou quando feitos não são comunicados pela equipe da EV, ou com o desaparecimento de parte do dinheiro da venda da conta de sebos;
Muitas vezes a Estante Virtual simplesmente retira o acervo dos livreiros do ar sem consultar se o problema é do sebo ou do cliente;

Reivindicamos,

1 – Revogação imediata do aumento abusivo de 100% no valor das comissões por vendas realizadas no site, ficando mantida a taxa de 6% sobre a venda;
2 – Deve ser uma escolha de cada vendedor a plataforma que deseja aceitar para pagamentos eletrônicos;
3 - Solução imediata dos problemas referentes aos meios de pagamento existentes, com respeito a problemas técnicos e à devolução do dinheiro desaparecido da conta dos vendedores;
4- Atendimento telefônico direto aos livreiros, e que os funcionários da EV tenham boa vontade e trabalhem para solucionar nossos problemas;
5 – Que nenhuma decisão deverá ser tomada sem a consulta prévia aos livreiros;
6 - Bloqueio de clientes que dão golpes ou tenham alto índice de cancelamentos de compras por ausência de pagamento;
7 - O acervo do livreiro jamais deverá ser retirado do ar sem aviso prévio e sem que este tenha direito de resposta sobre possíveis reclamações dos compradores;
8 – Fornecimento pela Estante Virtual de nota fiscal dos nossos pagamentos para quem assim solicite;
9 – Expansão do prazo regulamentar de postagem de pedidos para 48 horas;
10 - Divulgação adequada para os compradores sobre a possibilidade de atrasos nas entregas devido a problemas exclusivos dos Correios;
11 – Revogação da cobrança de tarifa mínima de R$ 1,00 por venda;
12 - Estorno automático de comissionamentos sobre pedidos cancelados após o fechamento da fatura mensal;
13 - Manutenção do compromisso de não mais cobrarem a comissão sobre o valor do frete;
14 – Criação de espaço no site para resolução de disputas entre cliente e livreiro, sem a posição da defesa unilateral de clientes;
15 - Fim dos critérios de excelência de atendimento online, e que todas as regras valham para todos os livreiros do portal;
16 – Retorno da exportação da planilha de acervo com todos os campos existentes, e não apenas com os itens para inventário;
17 – Assinatura de documento que ateste e assegure que a Estante Virtual não mais fará alterações nos termos de contrato de serviços sem prévia anuência de uma comissão de livreiros a ser constituída.
A criação desse nosso movimento de união e organização não completou nem uma semana de vida ainda, e já temos mais de 140 vendedores que já assinaram este documento e estão comprometidos com essa causa, pois todos nós livreiros estamos nos sentindo prejudicados, sem exceção, e nossa projeção é que nos próximos 30 dias tenhamos pelo menos 80% de adesão por parte dos vendedores da Estante Virtual.
Portanto, a abertura de um diálogo sério e respeitoso da Estante Virtual com os vendedores se torna absolutamente necessária, tendo em vista a força da mobilização. Esperamos contar com o bom senso dos administradores do portal para que não haja consequências mais graves para todos, pois a migração de vendedores para outros portais de vendas já é uma realidade.
Já está em andamento a fundação de uma associação nacional de livreiros, e já temos proteção jurídica consolidada, por meio de diversos colegas advogados que já abraçaram a nossa causa, mas esperamos não haver necessidade de litígio.