Contra o novo modelo acadêmico e precarização dos cursos da FMU

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 10.000!


Prezados senhores Jose Loureiro, Diretor Executivo da Laureate no Brasil, e Marco Silveira, Diretor Geral da FMU.

Os alunos da Faculdades Metropolitanas Unidas, que sempre se orgulharam de sua instituição e corpo docente, em uma união fraterna, vêm demonstrar toda sua insatisfação com a demissão em massa de excelentes professores, com o novo modelo acadêmico imposto pela Laureate que reduz a carga horária e a qualidade do curso e com o aumento das mensalidades sem oferta de uma educação melhor. 

Após a compra da FMU pela Laureate diversas mudanças vêm ocorrendo e fazendo com que a qualidade de nossos cursos caia preocupantemente. 

Nossa educação, em vez de ser tratada como direito fundamental, está sendo tratada como mera mercadoria em um utilitarismo que visa apenas ao lucro desenfreado.

A FMU – não a Laureate – têm a honra de ter formado inúmeros profissionais de ponta, milhares de advogados bem-sucedidos, promotores, procuradores, defensores públicos e magistrados devido a sua preocupação com a educação. Queremos que essa FMU que é uma enorme família continue com seu padrão de qualidade se mantendo como uma das instituições mais respeitadas do país!

Não queremos redução na grade horária! Não queremos disciplinas à distância nem que nossos professores sejam demitidos em uma clara manobra para redução de despesas. Queremos uma educação a altura do nome que a FMU ainda representa e do preço que se paga.

 

Laureate, nós dizemos não a precarização do ensino que vocês nos impõem.



Hoje: Roberto está contando com você!

Roberto Montanari Custodio precisa do seu apoio na petição «Contra o novo modelo acadêmico e precarização dos cursos da FMU». Junte-se agora a Roberto e mais 8.271 apoiadores.