"Professores Categoria Ó" Em luta pelo "Direito de trabalhar"

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


Diante do quadro de 57 mil professores contratados e uma grande parte de professores formados que não puderam ingressar no trabalho. Percebi que temos que nos unir para reivindicar diante os deputados do Estado de São Paulo, afim que intercedam por nós. Professores em vigência estão com os dias contados no Exercício do Trabalho até o final de 2018. Em face do termino do contrato que foi prorrogado em 2015.

Anciamos por trabalhar e termos o direito de continuidade dentro do quadro educacional com os deveres e os direitos que o "PROFESSOR" tenha. Por uma educação de qualidade temos que defender as condições do trabalho

O quadro é alarmante pois muitos com contratos ativos estão sem atribuir aulas, muitas classes fechadas e as que sobraram em megas lotações. Dito isso, saliento as autoridades, que o ensino está prejudicado. Pois nosso espaço geográfico de salas de aulas, estão a grande maioria projetadas para 25 discentes. Hoje conta com a quantidade acima de 40 discentes. 

Encaminho esta reivindicação aos deputados da ALESP.

 

 



Hoje: Noemi está contando com você!

Noemi Funayama precisa do seu apoio na petição «carlosgiannazi@uol.com.br: "Professores Categoria Ó" Em luta pelo "Direito de trabalhar"». Junte-se agora a Noemi e mais 2.625 apoiadores.