U R G E N T E Fiquem atentos!!! Vereador EDUARDO VAZ PEDROSO entra com pedido que altera L

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Uma cidade onde suas organizações funcionam como exemplo de defesa dos animais, e onde há, como poucas cidades, uma rede de proteção dos nossos animais! Esta é a cidade de Itatiba que eu conheço.

Uma cidade avançada e com uma lei que proíbe os rodeios e onde as organizações sociais de todas as finalidades funcionam de fato. 

Quem ganham com os rodeios? 

Eu sou contra, e você?

Como atual presidente do Instituto REPENSAR, sempre em defesa do meio ambiente, não posso deixar uma cidade que é um modelo onde tem uma lei que proíbe os rodeios, um exemplo para muitas cidades onde os animais são judiados para uma diversão e ganhos de alguns!

Por isso, proponho este abaixo assinado para fazer chegar a nossa posição à Câmara de Vereadores da cidade de Itatiba, manifestando nossa contrariedade ao uso e abuso de animais para diversão.

No final de 2007, procurando um lugar para a instalação de empresa recicladora, resolvi optar pela cidade de Itatiba, por ser uma cidade moderna, organizada e em desenvolvimento.

Em 2008, uma grande surpresa na economia mundial aconteceu: a bolha imobiliária nos Estados Unidos estourou afetando inclusive o mercado de reciclagem que é vinculado a preços internacionais ou commodities.

Resolveu-se, então, fazer campanhas com um intenso trabalho de educação ambiental e coletas na cidade e na região. Como resultado, o volume de recicláveis foi aumentando. No decorrer do ano de 2009 percebemos que estávamos realizando um serviço de de conscientização da população sobre questões ambientais e sociais, sendo um trabalho mais de organização social do que de empresa. Nasceu assim o Instituto REPENSAR - Rede de Projetos Educacionais, Sociais, Ambientais Renováveis. 

Durante anos a cidade de Itatiba esteve livre do lixo eletroeletrônico com a parceria do Instituto Repensar com a empresa Lixo Digital, até o encerramento das atividades da empresa em 2014.

Atualmente o  Instituto segue com pesquisas sobre resíduos, reciclagem e economia circular, e com forte preocupação em formar valores nas novas gerações em direção a uma sociedade mais integrada com a natureza.

Divulgando dados oficiais, a revista Exame em 2018 publicou o ranking das melhores cidades para se viver no Brasil, sendo Itatiba classificada em 9º lugar em desenvolvimento social, e em 11º em infraestrutura.

Se houvesse uma classificação de proteção aos animais, Itatiba estaria entre as melhores. O fim da lei do rodeio é um retrocesso para a cidade.