SALVE O CRISTO DE SÃO JOÃO DEL-REI - #FORA ANTENAS

SALVE O CRISTO DE SÃO JOÃO DEL-REI - #FORA ANTENAS

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!
Com 500 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Miguel Marcelino criou este abaixo-assinado para pressionar Câmara Municipal São João del-Rei; Conselho Municipal de Preservação do Patrim e

Abaixo assinados, fundamentados na Constituição Federal, Art. 17 e 18 do Decreto Lei nº 25, 30/nov/1937, Lei do Tombamento, solicitamos a retirada das antenas eletromagnéticas no entorno do Monumento do Cristo Redentor, Bairro Senhor dos Montes, de São João del-Rei, tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio.

Lei do Tombamento - Art. 17. As coisas tombadas não poderão, em caso nenhum ser destruídas, demolidas ou mutiladas, nem, sem prévia autorização especial do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ser reparadas, pintadas ou restauradas, sob pena de multa de cinquenta por cento do dano causado.

Parágrafo único. Tratando-se de bens pertencentes à União, aos Estados ou aos municípios, a autoridade responsável pela infração do presente artigo incorrerá pessoalmente na multa.

Art. 18. Sem prévia autorização do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, não se poderá, na vizinhança da coisa tombada, fazer construção que lhe impeça ou reduza a visibilidade, nem nela colocar anúncios ou cartazes, sob pena de ser mandada destruir a obra ou retirar o objeto, impondo-se neste caso a multa de cinquenta por cento do valor do mesmo objeto.

O monumento ao Cristo Redentor de São João del-Rei, MG, representa um marco admirável da fé cristã são-joanense. A presença dessa obra de arte religiosa constitui um exemplo magnífico de persistência e de fé, que fizeram remover tantos obstáculos, os quais consumiram os esforços de uma geração.

O conjunto tem 20 metros de altura e é visto por toda cidade. Aliás, era visto. As antenas, em função da sua volumetria, destacam-se  na paisagem diurna e noturna.  Atualmente, está cercado por 14 antenas com possibilidade de aumentar, pois tem até anuncio de aluguel de espaço nas torres.

Esta obra de arte, que já foi símbolo da cidade, apesar de ser tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio, encontra-se em total decadência.  Pichado, depredado, sujo, muretas quebradas, mal iluminado e abandonado.  Aliás, o abandono se reflete também em todo o entorno. Sem nenhuma sinalização na área de estacionamento ou jardins, o local foi invadido por antenas de rádio, TV e celulares, em grandes torres que interferem decisivamente na paisagem. 

 

 

 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!
Com 500 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!