RS 115 DUPLICADA E COM ACESSOS SEGUROS ANTES QUE MAIS VIDAS SE PERCAM

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 10.000!


Esta iniciativa é de um grupo de igrejinhenses, empresários e funcionários, usuários diários, familiares e cidadãos em geral. Todos nós cansamos de ver acidentes graves envolvendo amigos e parentes, cujas vidas muitas vezes foram perdidas, no acesso da ERS 115 ao Pólo Industrial de Igrejinha.

Estamos diante de uma estatística sombria que só aumenta: já foram dezenas de óbitos naquele local, sem contar as centenas de acidentes sem vítimas fatais.

Por isso, reivindicamos que a EGR e a Secretaria de Logística e Transportes do estado tomem providências imediatas para que a rodovia RS 115 seja duplicada, além da realização de modificações nos acessos ao Pólo Industrial, à empresa Usaflex, aos Bairros Moinho e Rothmann, para garantir mais segurança aos pedestres e motoristas que trafegam nesses pontos.

Diariamente, milhares de pessoas utilizam esta rodovia para se deslocar para seus trabalhos e casas, para levar seus filhos à escola, para cumprir com os afazeres diários de cada um. Principalmente no acesso ao Pólo Industrial, onde já morreram inúmeras pessoas que estavam apenas indo trabalhar ou retornando as suas casas.

Além disso, é a principal rodovia de escoamento de toda a produção dos municípios próximos, e o trajeto mais utilizado para se chegar à Serra Gaúcha, um dos principais pontos turísticos do país. Atualmente, trafegam em média cerca de 24 mil carros por dia só nesse trecho do km 5, fato que evidencia a necessidade urgente da duplicação e da melhoria dos acessos locais, como enfatizado anteriormente.

Caso não sejam realizadas tais intervenções, seguiremos assistindo com tristeza ao aumento do números de vidas ceifadas nesta rodovia. Não queremos que essas pessoas que deixam seus entes queridos se tornem apenas números, mas que essa sangria seja estancada e que tenhamos mais segurança para quem precisa utilizar a ERS 115.

Há mais de 15 anos lutamos por essas melhorias, e os mais diversos governos que se sucederam no período foram incapazes de atender a essas demandas. Diante disso, quem serão os responsáveis pelas vidas que ainda poderão ser subtraídas tão tragicamente em nossa rodovia?