Concessão de benefícios aos Micros e Pequenos Empresários durante a pandemia COVID-19.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 75.000!


Diante do atual cenário em que estamos vivenciando, muitos micros e pequenos empresários estão com serias dificuldades financeiras em decorrência da proibição do exercício de suas atividades. Ocorre que, o período de isolamento se estendeu por diversas vezes em prol da saúde da população causando em contrapartida grande impacto econômico em todo o País.

Em reconhecimento à importância destes profissionais na sociedade já que são responsáveis pela geração de emprego e renda para muitas famílias, a Caixa Econômica Federal lançou linhas de créditos com condições favoráveis de taxa e carência, porém com parâmetros que desfavorecem há muitos, sendo necessário a extensão destes créditos aos empregadores independentemente do número de funcionários, contemplando inclusive autônomos com base em sua receita mensal, seja fotógrafo, profissionais ligados à área de eventos, casas de shows, teatros e demais desprivilegiados por conta do isolamento social, já que a sobrevivência destas empresas envolve a aglomeração de pessoas.

Para sobrevivência, muitos empresários têm vendido seus equipamentos e demais estrutura de trabalho por não terem o apoio do governo em nível Estadual e Federal, além de se esbarrarem com a falta de linha de crédito para sanar financiamentos outrora executados para suporte a estrutura de trabalho.

Atualmente em nosso País há mais de 12 milhões de desempregados, milhões de desalentados, subocupados e 40 milhões de profissionais informais, totalizando quase 70 milhões de brasileiros numa situação precária no mercado de trabalho.

De acordo com a FGV a degradação do mercado de trabalho brasileiro será rápida. O IAEmp, indicador que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, despencou de 82,6 em março, para 39,7 pontos, em abril.

Sendo assim, é imprescindível a mobilização das autoridades governamentais para providências quanto a disponibilização de linhas de créditos para estes empreendedores, com carência significativa, visando amenizar a situação de crise durante o período de pandemia.