Intervenção no Colégio Estadual Santa Rosa

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


Durante a pandemia, para que os alunos dos colégios estaduais do Paraná não fossem prejudicados, criou-se um canal de televisão onde assistiriam às aulas previamente gravadas por professores contratados do estado, bem como e-mails corporativos para que eles acessassem a plataforma do Google Classroom e realizassem atividades, textos, e vídeos disponibilizados pelos professores. Porém, muitos alunos do Colégio Estadual Santa Rosa, que fica localizado em região de vulnerabilidade em Curitiba, não possuem equipamentos ou redes de internet para que pudessem acessar o Google Classroom. Sendo assim, a equipe diretiva disponibilizou atividades e textos impressas encaminhadas pelos professores para que estes alunos não fossem prejudicados em seu aprendizado; além disso, foram levados equipamentos de televisão para alguns alunos que não tinham. Estas atividades eram disponibilizadas aos estudantes nos dias de entrega das cestas básicas. Foram criados grupos de Whatsapp para mediar a comunicação entre alunos e professores e evitar ao máximo a marginalização destes na educação. Hoje, 21/12/2020, a equipe foi informada de que, a partir de 2021, os diretores seriam afastados e entrariam interventores em seus lugares. Isso ocorreu devido aos baixos números de acesso online junto ao Classroom, e porque estas atividades impressas não estavam sendo contabilizadas nos dados. Assim, a grande maioria dos alunos, que estavam procurando esse acesso físico, foram ignorados pelos números e somente os poucos que tinham meios online foram incluídos. Estes interventores não conhecem a realidade da comunidade e da escola, diferentemente da gestão que está atuando há 9 anos na direção. Os professores e alunos depositam plena confiança na equipe e estão profundamente decepcionados e chocados com a decisão do governo. Assine este abaixo-assinado e ajude o colégio a continuar ajudando estudantes e suas famílias a terem acesso a educação de qualidade não só durante esta pandemia, mas também no futuro. #SomosTodosSantaRosa #SomosTodosSR