Decision Maker

Prefeitura do Rio de Janeiro

O Rio é a cidade mais conhecida do Brasil, com mais de 6 milhões de habitantes servidos pela estrutura liderada hoje por Marcelo Crivella (PRB). Nesta página, você pode dar sugestões para a cidade ou pedir para ele resolver o seu problema.


Does Prefeitura do Rio de Janeiro have the power to decide or influence something you want to change? Start a petition to this decision maker.Start a petition
Petitioning Presidente do STF

Governador, entregue os remédios para tratar minha doença Lúpus e de milhares de pessoas!

Meu nome é Suellen, tenho 26 anos e faz 2 anos que descobri que tenho a doença Lúpus. A doença é autoimune, ou seja, causa uma "pane" nas defesas imunológicas do organismo, que atacam as células do corpo e afetam rins, pulmão, coração, sangue, cérebro etc. O governo do Rio de Janeiro fornecia os remédios para tratar a doença, mas faz um ano que eles foram cortados. Por favor assine e compartilhe esta petição para pressionar o governo do Rio a fornecer os remédios via SUS. Só peço que os remédios de todos os portadores da doença no Rio de Janeiro voltem a ser entregues! Mais de 200 mil pessoas têm a doença no Brasil, e milhares vivem no Rio assim como eu. O Lúpus não tem cura, mas tem tratamento. A falta dos remédios causa dor extrema e pode levar os portadores à morte. Infelizmente, o governo do Rio está nos deixando morrer. São famílias que perdem seus entes queridos pela falta de remédios como prednisona,  topiramato, azatioprina, hidroxocloroquina, micofenolato de mofetila,   meteotexato e outros. Quem fornece os medicamentos é a Rio Farmes, a Farmácia Estadual de Medicamentos Especiais do governo. Assine o abaixo-assinado para cobrar uma solução. Por favor, nos ajude a sobreviver!!

Suellen Maia
101,504 supporters
Closed
Petitioning Prefeitura do Rio de Janeiro

URSOS PANDAS NÃO SÃO PRESENTES, SÃO VIDAS. Nós não queremos animais para comércio e para política

Animais não são entretenimento. A China quer dar de presente dois ursos pandas para o zoologico do Rio de Janeiro. Nós somos ativistas da causa animal e não queremos mais prisões. BOICOTEM ZOOLOGICOS! Animals are not entertainment. China wants to give away two pandas to the zoo of Rio de Janeiro. We are activists for Animal welfare and do not want more prisons. Boycott Zoos! Freedom for the animals!

Cibele Clark
55,973 supporters
Closed
Petitioning Ministério Público do Rio, Prefeitura do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, governador do Rio, Secretaria de Estado do Ambiente, Marcelo Crivella, prefeito do Rio, luiz carlos ramos filho

Por uma fiscalização maior em canis e pet shops do Rio de Janeiro

Em muitos canis animais são impostos a terríveis situações de maus tratos. Você sabia que muitos deles passam até mesmo fome? Centenas de cães passam fome, frio, sede, medo. E tudo isso acontece porque quase NÃO HÁ FISCALIZAÇÃO. Por isso, criei esta petição para defender os direitos dos animais. A ideia inicial seria pedir o fim da venda de cães e gatos no Rio de Janeiro, porém isso geraria uma série de problemas como tráfico dos animais de raça. Além disso, existem (embora sejam poucos) criadores honestos, que amam os animais. Portanto, a única solução que encontrei para colocar um fim nos maus tratos ocorridos em canis e pet shops foi exigir uma maior fiscalização em relação ao bem estar dos nossos amigos peludos. Conto com a sua assinatura em busca de um mundo melhor!

Vinicius Cordeiro
42,479 supporters
Victory
Petitioning Marcelo Crivella, Prefeitura do Rio de Janeiro

Acabe com os obstáculos e instale equipamentos acessíveis na praça Iaiá Garcia

A brincadeira é fundamental para o desenvolvimento de toda criança - cognitivo, motor, social e afetivo. Brincando, o menino ou a menina se diverte, se desenvolve e estimula áreas que poderiam estar defasadas. Espaços públicos são extremamente importantes para a brincadeira, especialmente para a interação entre as crianças. No entanto, alguns espaços são, na verdade, locais de exclusão. A praça Iaiá Garcia, na Ilha do Governador, cidade do Rio de Janeiro, é inacessível para pessoas que usam cadeiras de rodas e não tem nenhuma acessibilidade. Meu filho Arthur e outras crianças não podem brincar ali. Por isso, criei este abaixo-assinado para que o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o subprefeito da Ilha do Governador, Nelson Miranda Miraldi, façam da Iaiá Garcia uma praça adaptada, acessível e inclusiva. É um direito do meu filho, das outras pessoas com deficiência e de todas as crianças que precisam da diversidade para se desenvolverem. Moro na Ilha do Governador desde que nasci e frequentei a Praça Iaiá Garcia na Ribeira na minha infância. Hoje, os brinquedos estão colocados inteligentemente na sombra de uma árvore, mas não são adaptados, o que impede uso por crianças com deficiência. O preconceito vai além da ausência de brinquedos adaptados. Ele já começa no portão que não permite a entrada da cadeira de rodas, deixando a criança com deficiência do lado de fora, impedida de entrar no espaço infantil. Peço que assinem e compartilhem este abaixo-assinado. Assim, mais crianças poderão brincar na praça Iaiá Garcia na Ilha do Governador.

Consuelo Machado
40,481 supporters
Victory
Petitioning Prefeitura do Rio de Janeiro

Uma escola para o Davi! O governo não pode negar escola ao meu filho porque ele tem autismo

Ao saber da história do Pedrinho, filho da Sheila que tem a síndrome de Cornélia de Lange e que teve muita dificuldade para encontrar uma escola, me identifiquei imediatamente. Sou mãe do Davi, uma criança carinhosa de seis anos de idade que tem autismo. Assim como Sheila, eu não tenho o suporte necessário da rede municipal de ensino para que o meu filho estude. Assim como todas as crianças, o Davi também tem direito a estudar. Durante três anos, eu mesma acompanhei o meu filho na escola, dentro da sala de aula, porque não havia ninguém da rede pública para isso. Fiquei três anos esperando a mediadora prometida pela Prefeitura, que nunca chegou. A minha vida transformou-se completamente. Hoje, Davi está fora da escola e por isso criei este abaixo-assinado. Todas as crianças têm direito à escola. O poder público tem a obrigação de garantir as necessidades de cada uma, tenha ela ou não uma deficiência. Assim, teremos uma geração de crianças mais tolerantes e que respeitem as diferenças.

Maria Francidene Gomes Silva
39,424 supporters
Closed
Petitioning Governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, Coordenadoria de Imprensa do Governo do Rio, Assessoria do governador do Rio, Secretário de Governo do Rio de Janeiro, Prefeitura do Rio de Janeir...

Queremos Delegacia de Proteção aos Animais no Rio de Janeiro JÁ!

Abandono e maus-tratos são CRIMES previstos na Lei 4731, mas poucos são os casos que são levados à Justiça. Queremos mudar a realidade de milhares de animais que são vítimas de zoofilia, rinhas, assassinato, abandono nas ruas, que ficam em ''abrigos'' clandestinos sendo espancados, filhotes torturados e mortos por jovens e adultos, seja em bairros pobres ou de classe média-alta. Queremos uma Delegacia de Proteção aos Animais no Rio de Janeiro JÁ! Clique, assine e compartilhe para exigir esta delegacia. Vamos começar pelo Rio de Janeiro. Este é o primeiro passo para que a mudança chegue ao país inteiro em breve! É preciso punir sem distinção criminosos que praticam tais atos, não importa quem sejam. Atualmente há o canal de denúncias de crimes ambientais da ALERJ e o atendimento da Polícia Militar pelo 190. Nenhum deles prioriza a punição jurídica efetiva para a violência cotidiana praticada contra cães, gatos, aves, cavalos e tantos outros animais. Precisamos com URGÊNCIA de estratégias de vigilância das ruas para comprovar os crimes denunciados, de canais abertos 24 horas com atendimento qualificado para receber as denúncias, vídeos que comprovem os crimes e ação policial imediata para os casos de crime acontecendo no momento da denúncia.  Também faltam postos oficiais no Estado para observar os casos e receber a população que faz a denúncia, além de medidas de policiamento em locais de frequente abandono de animais.

Viviane Lobo
29,301 supporters
Victory
Petitioning Prefeitura do Rio de Janeiro

Recuse os pandas do governo chinês. Urso não é objeto para ser presenteado!

Não queremos que o Zoológico do Rio de Janeiro receba o casal de ursos pandas oferecido pelo governo da China como suposto presente pela realização dos Jogos Olímpicos. Ursos pandas são seres vivos, inclusive com risco de extinção. Não são objetos a serem dados como presente. Além disso, ao contrário do parece, ainda que o governo chinês se proponha a custear todas as despesas dos animais, não é um presente desinteressado. A “diplomacia dos pandas”, como é conhecida ao redor do mundo, está condicionada a contrapartidas comerciais. De acordo com um estudo publicado pela Universidade de Oxford, a doação dos animais coincide com a homologação de acordos comerciais por recursos valiosos e tecnologia. Sou apaixonada por animais e, há anos, me esforço diariamente para que todos sejam respeitados e preservados. Tenho quatro lindas gatas e procuro lar para bichos que sofrem pelas ruas da cidade. Não consigo ficar parada ao ver que uma vida, a vida de um animal, está sendo usada como troca comercial.Recusar este “presente” é demonstrar que o Rio de Janeiro respeita a vida e a natureza. Em todos os aspectos.

Roberta Pereira
28,626 supporters
Victory
Petitioning Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro

Uma escola para o Pedrinho! A deficiência não o impede de estudar #AjudeOPedrinho

Sou mãe de uma criança carinhosa e inteligente, que não encontra escola para estudar. Pedrinho tem 8 anos e uma deficiência rara, a síndrome de Cornélia de Lange. As escolas municipais exigem que eu pague, do meu bolso, uma pessoa para acompanhá-lo. A educação deve ser pública e gratuita para todas as crianças e, assim, Pedrinho está fora da escola. O que eu mais quero é que meu filho estude, aprenda e conviva com outras crianças. Isso é um direito e vai fazer com que ele se desenvolva mais rapidamente. Por isso, criei este abaixo-assinado para exigir uma oportunidade para ele estudar. Peço sua ajuda assinando e divulgando esta petição, para exigir que o Pedrinho seja aceito em uma escola e tenha o mesmo direito de qualquer outra criança. O Ministério da Educação, o Ministério Público e a Prefeitura não podem ficar omissos. As escolas são obrigadas por lei a aceitar todas as crianças - com ou sem deficiência. Mas a inclusão garantida na lei não está valendo para Pedrinho. A inclusão não é só para o meu filho, mas também para a escola e as crianças que irão conviver com ele. Assim aprendem desde cedo o que é respeito, carinho e amor ao próximo. Acho que assim todos aprendem a ser solidários desde cedo.

Sheila Velloso
23,274 supporters
Closed
Petitioning Prefeitura do Rio de Janeiro, Subprefeitura da Zona Oeste RJ, Direção do Centro Esportivo Miécimo da Silva

Pelo funcionamento do Centro Esportivo Miécimo da Silva

Pouco mais de um ano após a Rio 2016, em que foi Boulevard Olímpico, o maior centro esportivo do bairro de Campo Grande, Miécimo da Silva, está abandonado como nunca. O fato de ter trazido à Zona Oeste os Jogos Pan-Americanos de 2007 (como sede) não bastou para que a prefeitura interrompesse o projeto de descaso progressivo que vem desenvolvendo. Só neste ano, 120 professores do Miécimo foram demitidos, e hoje restam 41. A piscina — de cuja importância os moradores, sobretudo os mais antigos, terão muito a falar — não funciona mais, está fechada; frequentadores reclamam de bebedouros parados, de instalações e instrumentos inutilizados e da carência de manutenção. Diante disso, o Coletivo Rexiste CG promove um abaixo-assinado pela retomada das atividades que foram suspensas, assim como pela limpeza, reorganização e reabilitação dos locais que hoje, por uma razão ou por outra, não podem mais receber pessoas. Não se trata de uma tentativa preciosista de recuperar o que deve ser sacrificado. A verdade é que o Miécimo suporta uma considerável quantidade de projetos esportivos e de atividade física a que seus usuários, com destaque para jovens e idosos, têm poucas (e péssimas) alternativas — ou mesmo nenhuma — dentro das possibilidades oferecidas no bairro pelo governo. E as senhoras e os senhores que não fazem exercícios senão nos programas de atividade recreativa para a terceira idade que estão alocados no Miécimo? E os jovens estudantes do Estado ou do Município que têm no Miécimo a melhor de suas escassas oportunidades no mundo do esporte — seja para o desenvolvimento de aptidões particulares, que exige treinos e equipamentos específicos, seja para a prática livre ou extracurricular? Para um governo sério, a renda média dos frequentadores não deveria absolutamente entrar em questão: manutenção de espaços e serviços públicos não é caridade. Mas, concedendo um pouco às nuances que pode tomar a realidade num lugar como o Rio de Janeiro — onde sobretudo na periferia elas se fazem sentir com peso —, vale dizer que o Miécimo oferecia atividades e cursos (até profissionalizantes) de graça, isto é: também para aqueles que não podem custeá-los sozinhos. É fácil ilustrar quantos caminhos isso abria para quem deles precisava, e os benefícios que iniciativas como esta oferecem à sociedade num plano mais geral. Se houve debandada, deduzir do próprio oferecimento de serviços a razão do problema é uma falácia assombrosa. Se há problema, os serviços devem ser redesenhados, rediscutidos e, o mais importante, divulgados de um jeito que venham a transformar em fato todo o benefício de que são capazes. E, por fim, se houver debate, que seja aberto — outra causa de que não abrimos mão. No que o Miécimo não pôde se sustentar, portanto, é imprescindível remodelá-lo. E neste novo modelo devem caber as demandas das pessoas do bairro, muitas das quais estão dispostas à conversa franca. O que não pode haver é um Miécimo sem um modelo que se ajuste a nós. Ou, no limite, um Miécimo totalmente sucateado: uma possibilidade que tememos com pesar, embora com razão.

Coletivo Rexiste Campo Grande
13,702 supporters