Justiça por todas as mulheres

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 15.000!


Mariana Ferrer, uma blogueira que foi dopada e estrupada em um beach club, em Florianópolis.

Com provas apresentadas na delegacia, Mariana não tinha nenhuma lembrança do seu estrupador. Onde foi descoberto nas investigações policiais. Seu estrupador André Camargo Aranha.

O processo chegou na reta final, com André Camargo Aranha sendo solvido por estrupo culposo. André Camargo Aranha foi defendido por Claudio Gastão da Rosa Filho. Em audiência o advogado Cláudio humilhou a vítima (Mariana Ferrer) em frente ao juiz.

Juiz Rudson Marcos da 3° Vara Criminal de Florianópolis, que em momento algum da audiência defende a vítima de ser humilhada por o advogado do estrupador, e ainda solveu o réu acusado por estrupo de vulnerável.