JOVEM NEGRA ACUSADA DE ASSALTO INJUSTAMENTE, É PRESA E JUSTIÇA IGNORA PROVAS DE INOCENCIA!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
João Wesley Da silva criou este abaixo-assinado para pressionar Tribunal de Justiça do RJ e

Reproduzo na ìntegra o diálogo com o amigo Ricardo Melanes, que publicou notícia de prisão de sua filha: outra jovem negra, trabalhadora, mãe de família, presa inocentemente: "Peço liberdade para Camila Melanes foi presa injustamente acusada de roubo, mas na hora e no dia do roubo ela estava no consultório médico pra consulta de sua filha ela apresentou vídeos com entrada e saída do médico, apresentou testemunhas e provas que foram recusadas pelo ministério público, quando isso vai acabar? Se houvesse punição para o erro de agentes públicos que prende pessoas inocentes não teria tantos erros, eles destroem a vida de inocente e nada acontece com eles e dizem que são agentes da le. Isso tem que mudar. Se o médico erra ele é punido se o motorista erra ele é punido, então porque o ministério público não pode ser punido? A caneta quando erra destrói mais vidas do que a arma de fogo. Está virando moda? É negro e pobre, é acusado e preso? Onde vamos parar? Não penso que seja por preconceito, eu penso que seja por incompetência mesmo, pois a minha filha levou os vídeos com entrada e saída do médico levou atestado e nome de testemunhas, e não adiantou, eles só ouviram a vítima que disse que era ela quando mostraram uma foto dela, mas o celular que ele ligou não quebraram o sigilo pra saber a última ligação com quem ele falou, não investigaram simplesmente. Se houvesse punição para esse tipo de erros isso não aconteceria tantas vezes. Eu já fui assaltado e com o nervos aflorados você não reconhece a pessoa depois ainda mais por foto, a noite todo gato é pardo e a minha filha não teve nem a presunção da inocência, que é direito de todos os cidadãos ela trabalha a mais de 4 anos no Mac donads e todos gostam dela, e foi no trabalho que levaram ela, então eles destroem a vida de inocente e nada acontece com eles, sem falar a vergonha de passar uma situação dessa. Obrigado pela atenção vamos fazer a população lutar pra mudar." Minha esperança, é que consigamos pôr esta moça em liberdade, a exemplo do que aconteceu com o jovem músico da Orquestra da Grota... o pai informa que ela está atualmente no presídio feminino de Niterói, mas está para ser transferida para Bangú e ainda pode perder o emprego.  A família é pobre e não tem condições de pagar honorários advogatícios... .. Muito obrigado.  paz.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!