DEVOLVAM SAMA PARA MAE

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 150.000!


MÃE TEM SEU DIREITO A MATERNIDADE VIOLADO AO TER SEU FILHO, AINDA LACTANTE, TOMADO PELO PAI

Migrante, Patrícia ganhou uma bolsa para mestrado em educação, nesse meio tempo conheceu um professor da UNILA, universidade que se localiza em Foz do Iguaçu, no estado do Paraná, logo começaram a se relacionar e posteriormente se casaram. Durante a gestação, Patrícia sofreu abusos psicólogos, morais e patrimoniais, o que resultou em seu divórcio e até em MEDIDAS PROTETIVAS contra o pai da criança. Patrícia teve uma gestação complicada, onde pariu SOZINHA, passou pelo pós-parto SOZINHA!


O pai alega que a criança era vítima de maltrato devido à dieta que a mãe segue, por conta da sua religião, Hare Krishna, que não permite consumo de alimentos de origem animal, porém a mãe possui laudos médicos QUE PROVAM QUE O BEBÊ ESTAVA SENDO BEM CUIDADO E QUE ESTAVA SE NUTRINDO DA MANEIRA CORRETA!!


Patrícia está sendo vítima de xenofobia, perseguição ideológica, racismo étnico-religioso, além de ter sofrido uma clara VIOLAÇÃO dos direitos humanos tendo em vista que a própria apresentou laudos médicos que contradizem a palavra do pai da criança, que também é advogado e portanto acaba usando sua grande influencia nesse meio para conseguir se beneficiar de maneira covarde. Além de estarem omitindo documentos oficiais, Patricia não foi ouvida e teve seu direito a defesa negado.


Vamos ajudar essa mãe, que se encontra inconsolável longe de seu filho. Todos os dias, Patrícia retira seu leite por meio de uma máquina, e leva até a casa onde o filho se encontra, entrega o leite pelo portão, que permanece sempre trancado, e só assim ela consegue amamentar a criança. A amamentação é um direito humano universal para mãe e para o bebe. O que estão fazendo com ela é desumano.

#devolvamSamaparaMãe

#direitoalactanciaMaterna

link das redes sociais da Patricia: https://www.facebook.com/patricia.garado.5

https://www.instagram.com/pavitragarado/