Ajude a libertar André Arcanjo! #JustiçaPorAndréArcanjo #LiberdadeParaAndréArcanjo

Ajude a libertar André Arcanjo! #JustiçaPorAndréArcanjo #LiberdadeParaAndréArcanjo

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 15.000!
Com 15.000 assinaturas, esta petição se torna uma das mais assinadas na Change.org!

Débora Aleluia criou este abaixo-assinado para pressionar Judiciário do Estado de Pernambuco e

Ajude-nos a pressionar as autoridades e libertar mais um homem negro preso injustamente no estado de Pernambuco! André Arcanjo, de 41 anos, foi indiciado por um crime que ele não cometeu.

Entenda o caso:

No dia 11 de julho de 2021, André foi visitar um amigo de infância quando, na porta da casa, foi surpreendido por dois assaltantes. Infelizmente, naquele dia, André presenciou um latrocínio. Ainda assim, com a partida dos criminosos, tentou reanimar o amigo, contatou o socorro médico e permaneceu ali até a chegada do IML. 

Apesar de toda situação traumática, ele cooperou com a polícia desde o princípio, foi à delegacia sem advogados e prestou depoimento.

Mesmo assim, quase três meses depois do caso, no dia 6 de outubro, André passou de testemunha para suspeito sem sequer imaginar que isso poderia acontecer! Hoje, encontra-se preso no Centro de Observação Criminológica e Triagem Prof. Everardo Luna (COTEL) indiciado pelo crime de latrocínio.

Para o delegado Vitor Meira Toscano Pereira, da 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios do DHPP, nenhuma prova foi capaz de inocentar André, nem mesmo as mensagens trocadas com o amigo, a filmagem do momento do crime ou a inexistência de antecedentes criminais, evidenciando que estamos diante de mais um caso de racismo estrutural e encarceramento em massa em Pernambuco.

Como sempre, a polícia de Pernambuco escolheu olhar para um homem negro como um criminoso, ignorando quem André realmente é: um homem íntegro, solícito, trabalhador, amável, extremamente carinhoso.

André é auxiliar de farmácia, membro da igreja Mangue, baterista e responsável por cuidar das plantas do local. Ao menos uma vez na semana, ele ia à igreja regar, plantar e cuidar das "suas filhas".

Em carta, na primeira vez que conseguiu falar com sua mãe na prisão, André escreveu que era inocente, que não poderia pagar por um crime que não cometeu, que se preocupava com o tempo distante do trabalho e pediu para que ela não desistisse dele.

E nós não desistiremos. Estamos aqui fora resistindo, contando com o apoio da Articulação Negra de Pernambuco, o Fórum Popular de Segurança Pública de Pernambuco, o Movimento Negro Evangélico, a Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito, a mandata das Juntas Codeputadas, Ivan Moraes e Dani Portela, vereadores da cidade do Recife.

Ajude-nos a buscar liberdade para André! Assine para pressionar as autoridades.

#JustiçaPorAndréArcanjo #LiberdadeParaAndréArcanjo

Saiba mais: https://www.brasildefatope.com.br/2021/10/22/de-testemunha-a-acusado-depois-de-ver-morte-de-amigo-andre-arcanjo-foi-preso-como-suspeito

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 15.000!
Com 15.000 assinaturas, esta petição se torna uma das mais assinadas na Change.org!