Justiça por Mari Ferrer - Instituto Mulher

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 15.000!


Mariana Ferrer no dia 15 de dezembro de 2018 foi dopada e violentada por um empresário, que era amigo dos donos do estabelecimento que a mesma estava. Mariana resolveu buscar justiça e não sabia como, e por meio das redes sociais viu uma maneira de conseguir, lá ela contou que sua virgindade foi roubada por um estranho que a drogou. Mariana fez todos os trâmites legais, porém o empresário foi absolvido e a justiça determinou uma sentença que não está prevista na lei brasileira o “estupro culposo”, além do mais o advogado de defesa do réu a humilhou constantemente na audiência, chocando todos que assistiram, pedindo justiça por Mariana Ferrer. O instituto Mulher vem por meio deste, pedir que assinem essa petição para que essa comoção nacional de alguma maneira consiga justiça e que os culpados seja punidos. #justiçapormarianaferrer