#RevogaKalil Sônia Lansky e Márcia Parizzi ficam

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Nós, mulheres e homens, trabalhadoras e trabalhadores, usuárias e usuários do sistema de saúde, ativistas pelo parto normal, ativo, sem violência, pelo nascimento digno, pelo aleitamento materno, pela autonomia da mulher, manifestamos nosso repúdio, indignação, tristeza e perplexidade pela exoneração de Sônia Lansky e Márcia Parizzi de suas funções de coordenação, da Comissão Perinatal e da Atenção à Saúde da Criança e Adolescente, respectivamente, na Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte.


Tal afastamento implica em uma perda irreparável para a construção e continuidade das políticas públicas de promoção da saúde, humanização da assistência ao parto e nascimento, aleitamento materno, atenção às mulheres e crianças, sobretudo as mais vulnerabilizadas. O trabalho incansável de Sônia e Márcia transformou a gestão da PBH em referência nacional e internacional dessas políticas. Elas constituem, portanto, um quadro técnico e político de excelência e competência irrefutáveis.


Apelamos para que a gestão do Prefeito Alexandre Kalil reveja sua atitude arbitrária. Não aceitaremos que tamanha transformação seja paralisada por causa de perseguição ideológica ao trabalho que desenvolvem em prol de mulheres e crianças, o que infelizmente gera incômodo a segmentos privilegiados da nossa sociedade.


Pedimos com urgência que Sônia Lansky e Márcia Parizzi sejam reintegradas em suas funções. Não teremos e não daremos sossego enquanto isso não acontecer!

Convidamos a conhecer mais sobre o caso que levou ao afastamento de Sônia e Márcia no site: www.dequemeestebebe.wordpress.com

#RevogaKalil #SoniaLanskyFica #MarciaParizziFica #SoniaeMarciaFicam #NenhumDireitoAMenos #ÉpelaVidaDasMulheres #ÉpelaVidaDosBebês

 



Hoje: Polly do está contando com você!

Polly do Amaral precisa do seu apoio na petição «#RevogaKalil Sônia Lansky e Márcia Parizzi ficam». Junte-se agora a Polly do e mais 5.181 apoiadores.