Revisão do Cronograma de Fornecimento de Energia no Amapá

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 75.000!


#sosamapa

Segue nosso ranking do descaso:
- 2 (dois) apagões.
- 5 (cinco) dias de apagão.
- 17 (dezessete) dias de racionamento.

Os direitos mais básicos do povo do Amapá foram covardemente atacados através de um vergonhoso Cronograma de Fornecimento de Energia publicado pela Companhia de Eletricidade do Amapá no link abaixo:
https://cea.portal.ap.gov.br/noticia/0811/cea-inicia-rodizio-no-fornecimento-de-energia-no-amapa

Que sentenciou milhares de amapaenses a simplesmente não dormirem de 00h às 06h todos os dias, enquanto conjuntos e residenciais que não possuem unidades de saúde 24 horas ou estações de abastecimento de água foram agraciados com energia 24 horas sem interrupções e sem qualquer justificativa pública.

No dia 12/11/2020 a CEA divulgou um novo Cronograma de Fornecimento de Energia, que atendeu direta ou indiretamente parte de nossas reinvindicações, entre elas a alternância em dias pares e ímpares e o fornecimento de energia mesmo que parcial durante a madrugada, conforme o link abaixo:
https://cea.portal.ap.gov.br/noticia/1211/cea-inicia-nova-programacao-do-rodizio-de-energia-no-estado

Mesmo com o novo cronograma de energia, milhares de amapaenses desde 03/11/2020 não podem ter uma noite de sono mínima por causa da falta de energia que unida ao grande calor regional torna as noites sem qualquer sistema de ventilação elétrico um verdadeiro inferno, deixando nossos bebês e crianças sem dormir e chorando todas as noites, pessoas com deficiência, idosos e doentes sem qualquer segurança para o descanso necessário, e trabalhadores e empreendedores a cada dia mais exaustos por não poderem descansar.

EXIGIMOS URGENTEMENTE que o Cronograma de Fornecimento de Energia seja revisto, de modo que:

- O rodízio seja para todos, sem discriminação ou desculpas para conceder privilégios de energia 24 horas a conjuntos e residenciais.
- Que seja dividido em dias pares e ímpares, de modo que haja alternância nos horários em que não haverá energia (atendido pela CEA).
- Que mais nenhum amapaense fique sem energia de 00h às 06h todos os dias, e que no máximo metade do horário da madrugada seja racionado (atendido parcialmente pela CEA).
- Que centros comerciais, orla da cidade, pontos turísticos e regiões que não possuem residências, sejam desligados a partir das 18:00hs até às 06:00hs, para que essa energia seja remanejada para as residências.
- Que o novo cronograma seja liberado até o final do dia 11/11 e que posteriormente seja divulgado para a população amapaense os estudos que levaram a sua elaboração (atendido com 1 (um) dia de atraso).
- Que o novo cronograma seja cumprido integralmente, e que qualquer alteração neste seja divulgado com antecedência mínima de 24 horas.

Também solicitamos que as autoridades competentes investiguem:

- O por que residenciais e conjuntos foram agraciados com energia 24 horas sem terem unidades de saúde 24 horas ou estações de abastecimento de água.
- Qual estudo foi levado em consideração para deixar milhares de amapaenses sem energia de 00h às 06h todos os dias no primeiro cronograma.