Queremos memorial na Vale para que nunca esqueça Brumadinho!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 15.000!


Meu nome é Vagner Diniz, pai da Camila Taliberti e do Luiz Taliberti e junto com Joel de Almeida, pai da Fernanda Damian de Almeida, seríamos avôs do pequeno Lorenzo. Todos perderam a vida no crime da Vale em Brumadinho. Juntos com Associação de Amigos de Brumadinho que chora os seus 270 mortos, queremos lembrar que “a vida vale mais do que o lucro”.

VIDAS HUMANAS não são MINÉRIO DE FERRO! Nenhum lucro justifica a morte de 270 pessoas! Nenhum lucro justifica a destruição dos rios Paraopeba e São Francisco! Nenhum lucro justifica assumir o risco da redução da segurança das barragens e arriscar vidas!

Por isso, exigimos com essa petição que a Vale peça desculpas e que faça o memorial fixado, de forma visível e pelo prazo de 20 anos, em toda entrada principal de sedes e filiais da Vale S/A e de suas subsidiárias no Brasil e no mundo todo, com fotografias de todas as vítimas em mural envidraçado acrescido da placa com os dizeres: “A vida vale mais do que o lucro. Desculpem-nos por tirar-lhes a vida!”, em português e em inglês. Queremos que cada memorial comece a ser implementado em até 180 dias!

Além disso, também queremos que o executivo que venha a presidir as assembleias de acionistas (Ordinárias e Extraordinárias) nos próximos 20 anos faça a leitura do seguinte texto ao início dos trabalhos: “A vida vale mais do que o lucro. Às vítimas de Brumadinho, desculpem-nos por tirar-lhes a vida. Peço um minuto de silêncio em respeito aos mortos de Brumadinho, convidando todos a ficarem em pé”.

Não vamos deixar que este crime passe batido! Assine e compartilhe esta petição!

ORGANIZAÇÕES PARCEIRAS:
Movimento pelas Águas e Serras de Casa Branca/Brumadinho
Justiça nos Trilhos