Queremos mais medicações no SUS para controlar a dor crônica! Tenho fibromialgia e preciso

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Sou portador de uma doença chamada fibromialgia, a mesma que ficou famosa há pouco tempo quando Lady Gaga cancelou sua apresentação no Rock in Rio por também ter a doença. As dores são horríveis e incapacitantes, porém não existe nenhum exame específico para o diagnóstico, fato que gera muito preconceito inclusive entre profissionais da saúde.

Para controlar a dor são usados analgésicos comuns, opióides, alguns antidepressivos, um relaxante muscular específico e alguns anticonvulsivos. Todos esses remédios são muito caros! Na rede básica, o SUS conta apenas com os analgésicos simples e um único antidepressivo com efeito sobre a dor crônica (amitriptilina), além de um programa de tratamento de dores crônicas com medicações de alto custo que conta com 3 opióides (codeina, morfina e metadona) e um anticonvulsivante (gabapentina). Essas são as opções para quem vive com dores crônicas. Outras opções, muito mais caras, precisam ser compradas e nem todo mundo tem a renda da Lady Gaga.

Por isso solicitamos a inclusão no programa de alto custo para dor crônica as seguintes medicações: duloxetina, venlafaxina, pregabalina e ciclobenzaprina. Além disso, solicitamos também a liberação, por parte da ANVISA, do medicamento importado derivado da cannabis chamado SATIVEZ, com posterior inclusão deste na lista do referido programa de alto custo para dor crônica.

Dor crônica é algo serio, incapacitante e que gera preconceitos. Aumenta os índices de ansiedade e depressão, além de aumentar o risco de suicídio. É um drama negligenciado pelas famílias, sociedade, profissionais de saúde, serviços de saúde e entidades governamentais.

Entendemos que a atenção farmacêutica faz parte do SUS e que segundo as leis que regem o SUS, 1) o atendimento deve ser universal, independente de qualquer coisa, como renda, por exemplo; e 2) a atenção deve ser equitativa, ou seja, atender "igualmente", porém de acordo com a necessidade e as especificidades de cada um, independente do custo ou do local do tratamento disponível.

Assine a petição e junte-se a essa luta!



Hoje: Angelo está contando com você!

Angelo Bonateli Neto precisa do seu apoio na petição «Queremos mais medicações no SUS para controlar a dor crônica! Tenho fibromialgia e preciso disso!». Junte-se agora a Angelo e mais 422 apoiadores.