Fim dos pássaros em gaiolas no Brasil

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Caro Presidente Jair... como você, muita gente ama o Brasil, mas não só as pessoas ... mas todos os seres vivos que estão aqui... estive pensando como podemos pensar em liberdade para as pessoas de bem apenas, se nos esquecemos do que fazemos com os outros seres que são presos por toda a vida sem escolha, sem terem sequer cometido qualquer ato, apenas por saberem cantar ou terem cores bonitas, E ainda os privamos de umas coisas mais extraordinárias que é poder voar, algo que é natural deles. Acho um crime odioso e não só pássaros protegidos silvestres, mas todos eles... que se abram as gaiolas de todos os pássaros como foi feito na Índia e que o Brasil de mais um exemplo de bem para o mundo. E que fique proibido prender e vender pássaros em nosso país .. qualquer um, por qualquer motivo em qualquer casa...

O pássaro representa a liberdade. Mas aqui tentamos de toda forma burlar a natureza e assim milhares deles passam a vida toda em uma gaiola, transformando-se em animais de estimação, quando na verdade deveriam estar voando. Uma ideia absurda, que a Índia decidiu banir em decisão histórica, proibindo o encarceramento de pássaros em gaiolas.

Como disse o juíz responsável pelo caso na Índia que soltou todos os pássaros dando uma lição para o mundo – Manmohan Singh, disse: ‘Tenho claro em minha mente que todos os pássaros têm os direitos fundamentais de voar nos céus e que os seres humanos não têm o direito de mantê-los presos em gaiolas para satisfazer os seus propósitos egoístas ou o que quer que seja”.

E embora a corte tenha recebido algumas críticas quanto o novo posicionamento, a corte ela disse: “Eles merecem compaixão. Pássaros têm direitos fundamentais que incluem o direito de viver com dignidade e não podem ser submetidos à crueldade por ninguém”.

Então sendo algo tão bom para milhares de seres vivos, vamos copiar o exemplo da Índia.. sugiro transformar em crime hediondo quer continuar com tal prática se possível ou que tenha alguma outra pena...