Petition Closed
Petitioning Presidenta do Brasil Dilma Vana Rousseff

Queremos a realização da Bienal de Arte de São Paulo em 2012 e sempre!

Os signatários desta carta pedem a sua intervenção no sentido de assegurar a realização da edição 2012 da Bienal de Arte de São Paulo cujo cancelamento ameaça a continuidade de uma das mais importantes mostras de arte contemporânea do mundo, ao lado da Documenta de Kassel e da Bienal de Veneza.

Entendemos que motivo algum deve proibir a arte de ser vivenciada em público, já que sua experiência comum é vital para as sociedades democráticas. Entendemos também que o nosso patrimônio simbólico deve ser resguardado, evitando a interrupção das edições da Bienal de São Paulo, que completam agora 60 anos, enquanto a Fundação Bienal, Ministério da Cultura, Controladoria-Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União (TCU) e os ministérios públicos federal e estadual não concluem o processo em andamento.

Pedimos que seja restituída a autonomia da Fundação Bienal para gerir sua missão, para que possa levar adiante seu compromisso com todos nós. Temos certeza que este é o melhor caminho, inclusive para que a Bienal possa devolver aos cofres públicos os recursos que por ventura tenham sido desviados.

O assunto exige urgência, para que a equipe contratada para a edição 2012 da Bienal de São Paulo não comece a ser desmobilizada. Confiamos em sua sensibilidade republicana para evitar este desmonte de nosso patrimônio cultural.

 

Letter to
Presidenta do Brasil Dilma Vana Rousseff
Assinei esta petição para a Presidenta da República Federativa do Brasil, Dilma Vana Rousseff.

----------------
Em favor da realização da Bienal de Arte de São Paulo em 2012 e sempre!

Os signatários desta carta pedem a sua intervenção no sentido de assegurar a realização da edição 2012 da Bienal de Arte de São Paulo cujo cancelamento ameaça a continuidade de uma das mais importantes mostras de arte contemporânea do mundo, ao lado da Documenta de Kassel e da Bienal de Veneza.

Entendemos que motivo algum deve proibir a arte de ser vivenciada em público, já que sua experiência comum é vital para as sociedades democráticas. Entendemos também que o nosso patrimônio simbólico deve ser resguardado, evitando a interrupção das edições da Bienal de São Paulo, que completam agora 60 anos, enquanto a Fundação Bienal, MinC, Controladoria-Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União (TCU) e os ministérios públicos federal e estadual não concluem o processo em andamento.

Pedimos que seja restituída a autonomia da Fundação Bienal para gerir sua missão, para que possa levar adiante seu compromisso com todos nós. Temos certeza que este é o melhor caminho, inclusive para que a Bienal possa devolver aos cofres públicos os recursos que por ventura tenham sido desviados.

O assunto exige urgência, para que a equipe contratada para a edição 2012 da Bienal de São Paulo não comece a ser desmobilizada. Confiamos em sua sensibilidade republicana para evitar este desmonte de nosso patrimônio cultural.
----------------

Cordialmente,