PRESERVAÇÃO DA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DAS ÁGUAS VERTENTES

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


Localizada nos municípios de Diamantina, Serro, Couto de Magalhães de Minas, Felício dos Santos, Rio Vermelho e Santo Antônio do Itambé, a APA Águas Vertentes faz parte da Reserva da Biosfera do Espinhaço e apresenta grande diversidade de flora e fauna, abrigando diversas espécies em risco de extinção, além de atributos paisagísticos e cênicos que conferem à região um grande potencial de desenvolvimento sustentável através do turismo.  A APA guarda ainda mananciais de água que contribuem para o abastecimento de vários municípios de seu entorno, nas bacias hidrográficas dos rios Jequitinhonha e Doce.

            Dentre as ameaças mais diretas à preservação da região destaca-se a pretensão de implantação de projetos de exploração minerária, tanto de quartzito, granito e outras rochas decorativas quanto de diamante e minério de ferro, ouro e manganês. Este tipo de atividade tem causado há décadas enormes impactos sobre o patrimônio natural e cultural de diversas outras áreas da Serra do Espinhaço e em grande parte do estado de Minas Gerais, sendo frequentemente causa de intensos conflitos socioambientais e comprometendo modos de vida tradicionais.

            Diante desta realidade nós, abaixo-assinados, solicitamos às prefeituras locais e aos governos estadual e federal a suspensão de quaisquer empreendimentos minerários e/ou causadores de significativo impacto ambiental na APA Águas Vertentes, como medida imediata de proteção deste importante patrimônio da sociedade mineira e brasileira.



Hoje: ARCA AMASERRA está contando com você!

ARCA AMASERRA precisa do seu apoio na petição «Prefeituras da APA e Governo Estadual e Federal: PRESERVAÇÃO DA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DAS ÁGUAS VERTENTES». Junte-se agora a ARCA AMASERRA e mais 3.317 apoiadores.