Por mais ciclovias!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


A mobilidade urbana nos grandes centros é uma preocupação de todos, e o uso da bicicleta tem demonstrado ser a solução mais sustentável encontrada, pois além de contribuir para a redução do número de veículos automotores, trata-se de uma forma de locomoção ecológica (não gera poluição atmosférica ou sonora), e economicamente viável, a qual foi implementada com sucesso por cidades que se tornaram referência no assunto, conforme lista do ranking das cidades com maiores extensões de faixas próprias para bicicletas: Nova Iorque (804 km), Amsterdã (760 km), Berlin (750 km), Paris (700 km), Brasília (553 km), São Paulo (498 km),  Rio de Janeiro (458 km), Copenhague (429 km e 650 mil bicicletas).

A ideia do presente abaixo assinado é demonstrar às autoridades públicas que a população anseia pela melhoria do sistema cicloviário do município de Goiânia, evitando assim os acidentes entre veículos automotores e bicicletas que vêm ocorrendo com grande frequência devido ao aumento do número de ciclistas ocorrido durante o período da pandemia causada pelo covid 19, que passaram a circular pela cidade sem segurança alguma. E pelo que tudo indica, o número de ciclistas no mundo inteiro tende a aumentar de forma definitiva.

Dessa forma, queremos solicitar das autoridades competentes o cumprimento da Lei Complementar n. 169/2007 do Município de Goiânia  (Código Municipal de Mobilidade Urbana), especificamente de seus artigos 6o ao 9o, os quais dispõem que o Município deve implantar ciclovias nos principais eixos de deslocamento da cidade, ter bicicletários nos terminais de transporte coletivo, e ainda, a contemplação nos projetos e os serviços de reforma para alargamento, estreitamento e retificação do sistema viário, sendo considerado no mínimo a implantação de faixa-compartilhada devidamente sinalizada (para conferir o texto integral da lei clique aqui).

O presente abaixo assinado faz parte de um projeto de desafio de impacto social na minha localidade proposto pelos Embaixadores da Cidadania, uma iniciativa da Controladoria Geral do Estado de Goiás em parceria com a Universidade Federal de Goiás, o qual peguei como referência a implementação de ciclovias pelo GDF na Capital Federal (Brasília conta hoje com cerca de 553,95 km de extensão de faixas próprias para bicicletas já executadas, em contraposição a Goiânia que está entre as últimas capitais do pais em termos de extensão de ciclovias).

A ideia é mudar essa triste realidade para que Goiânia ocupe um lugar de destaque nesse cenário e estimule o transporte do futuro (o ciclismo tanto como mobilidade urbana quanto lazer), com qualidade e segurança para os seus ciclistas.

#EmbaixadoresDaCidadania