Música nos bares de Santos

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Quantas e quantas canções antológicas da nossa música popular foram escritas em mesas de bar.
O bar é um território livre, onde toda a gente se vê, toda a gente conversa, toda a gente ri, toda a gente chora, toda a gente canta, toda a gente vive a vida.
Pelo menos, era.
O(a)s profissionais de música daqui da cidade de Santos têm nesses espaços, os bares, um dos lugares mais importantes para desenvolver os seus trabalhos. Muitos dependem diretamente desses locais para sobreviver. Mas, além do(a)s músico(a)s, outras muitas pessoas, muitas famílias, o(a)s proprietário(a)s dos estabelecimentos, o(a)s garçon(a)s, o(a)s copas, o(a)s profissionais de cozinha, entre tanto(a)s outro(a)s.
Acontece que estão, aos poucos, ACABANDO COM A MÚSICA AO VIVO NOS BARES DE SANTOS. Uma minoria, diga-se de passagem, quer porque quer que os bares não tenham mais música ao vivo, até mesmo no PERÍODO DA TARDE. Como pode uma cidade que se diz turística não permitir que esse importante setor consiga funcionar livremente? Não somos arruaceiros! Somos profissionais e queremos trabalhar! E estão nos impedindo!
Neste momento crucial, precisamos da participação de todo(a)s, empresário(a)s, artistas, funcionário(a)s, clientes, toda a população santista, para mudarmos esse cenário sombrio que está se formando no horizonte da nossa amada cidade, para acabar com o direito sagrado das pessoas de serem felizes.
Vamos?
#digasimamusicanosbaresdesantos