Abaixo-assinado encerrado

Conclusão do Programa de Requalificação Urbana e Social da Comunidade do Pilar!

Este abaixo-assinado conseguiu 889 apoiadores!


Em 2010, com o início das obras PRUSCP, financiada com verbas federais do PAC 1, cerca de R$ 39,4 milhões, centenas de famílias foram desalojadas das suas casas para dar espaço a construção dos conjuntos habitacionais, totalizando 588 apartamentos, o sonho dos moradores de viverem dignamente teve início. Em breve, os barracos amontoados dariam espaço a apartamentos de dois quartos, sala, banheiro, uma moradia digna.

Além da moradia, o PRUSCP contemplava a construção de uma escola-bairro, integrada a comunidade, uma creche, um posto de saúde, pavimentação das três principais ruas, iluminação pública adequada, construção de um mercado público comunitário, gerando emprego e renda, e; uma praça voltada para a avenida Alfredo Lisboa.

Infelizmente, o sonho se tornou um pesadelo na vida de centenas de famílias. O prazo de conclusão de todo o programa era 2012. Mas, no dia 21/09/2012, vale lembrar que era ano de campanha municipal, após ter sido criticado em guia eleitoral sobre o atraso das obras no Pilar, o ex-Prefeito João da Costa entregou apenas 48 apartamentos. Isso mesmo, menos de 10% dos apartamentos.

Em seguida, a obra foi paralisada sob a alegação de que no local tinha sido encontrado um cemitério e que o IPHAN tinha suspendido as obras.

 Mudança de gestão e as obras da comunidade do Pilar paradas, centenas de famílias aguardando seus apartamentos, recebendo um mísero auxílio-moradia de R$ 150,00, corrigido para R$ 200,00 em janeiro de 2015. Famílias desalojadas, muitas tinham em suas casas um pequeno negócio o que garantia renda para a família, outras garantiam seu sustento em atividades no bairro do Recife, agora vivem de favor na casa de familiares espalhadas pela cidade, aguardando a conclusão das obras.

 A obra só foi retomada em julho de 2014, um ano e meio após o início da nova gestão. Em 2015, a realidade permanece inalterada, no dia 16/06/2015 matéria publicada em jornal local, denunciou o descaso com a comunidade e a Prefeitura anunciou que entregará 108 apartamentos inacabados da antiga gestão, no primeiro semestre de 2016. A escola, a creche e o posto de saúde serão concluídos no segundo semestre de 2016. E toda a obra será concluída no final de 2017...REVOLTANTE!!!

Não aceitamos isso! Por isso, convocamos você a se solidarizar com estas famílias, através deste abaixo assinado exigimos a conclusão imediata, de caráter emergencial e que até o final de 2016, o PRUSCP seja concluída totalmente. Com isso, exigimos respeito com a vida destas famílias, vitimadas pela ação irresponsável e criminosa do poder municipal.



Hoje: Igor Sacha está contando com você!

Igor Sacha Cruz precisa do seu apoio na petição «Prefeito Geraldo Júlio: chega de descaso com o cidadão, a Comunidade do Pilar precisa ser entregue com urgência!». Junte-se agora a Igor Sacha e mais 888 apoiadores.