O coronavírus chegou mas atenção autoridades a Quarentena não pode quebrar nossa economia!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 35.000!


  • A ameaça é real! O novo Coronavírus está se espalhando rapidamente por todo o mundo e matando pessoas, não podemos fingir que está tudo bem! CORREMOS PERIGO E QUEREMOS O PAÍS LIVRE DO CORONAVÍRUS MAS TAMBÉM QUEREMOS QUE SUA ECONOMIA CONTINUE VIVA!!!

O objetivo primário desta campanha era o de implementar medidas restritivas ainda na semana do carnaval pois já se vislumbrava que nesta oportunidade, devido à presença de turistas estrangeiros no país, a doença já poderia estar se disseminando silenciosamente. O objetivo de proibir as centenas de blocos de carnaval que se apresentaram depois do fim do carnaval também não teve êxito, o que, muito provavelmente contribuiu também para uma maior massificação dos casos que já poderiam estar circulando pelo país. 

Felizmente quando as autoridades perceberam a gravidade do problema começaram então a cancelar eventos,  festejos e aglomeraçōes públicas, entretanto, acredito que já se havia perdido a grande oportunidade de isolar a questão durante as centenas de eventos de carnaval.  Vejam que os números começaram a ser contabilizados depois do carnaval. Isto quer dizer que a contaminação já estava ocorrendo durante o evento.  Faltou gestão pública em relação ao problema pois o Coronavírus já estava a pleno vapor na Ásia e Europa e sabemos que muitos turistas estrangeiros daquela região adoram o carnaval brasileiro. 

Enfim.  Agora estamos começando a apreciar as atitudes irracionais e tropeços da gestão pública em relação ao tema quarentena.

Estamos vendo muitas cidades que não apresentam sequer um caso registrado tomando medidas extremas de fechar todos os estabelecimentos e empresas, isso pode e vai quebrar a economia da cidade, do estado e do país.  

Mesmo nas cidades em que há casos com mortes, se forem utilizados critérios como deixar em quarentena apenas aqueles que podem fazer trabalho remoto e aqueles que não afetam diretamente a economia, já se pode diminuir significativamente a quantidade de pessoas em circulação e a consequente probabilidade de disseminação do vírus.

Para as cidades que não há registros de casos, o simples controle de entrada e saída de pessoas de suas fronteiras já pode ser suficiente para evitar a propagação sem a necessidades de quebrar a economia.  Temos que pensar que temos uma crise para superar mas que temos que manter a economia viva para que possamos continuar nossas vidas depois que tudo passar.

Do jeito que a coisa está se desenhando, depois da tormenta passar teremos somente pessoas desempregadas, empresas quebradas, falta de dinheiro e a miséria instalada.   

Autoridades vamos repensar criteriosamente a questão da quarentena.  Cada cidade deve pensar no seu universo e na sua situação de maneira individual. Não se deve adotar medida extrema para o país todo pois o nível de contaminação não é o mesmo em todo o território nacional. 

QUEREMOS O PAÍS LIVRE DO CORONAVÍRUS MAS TAMBÉM QUEREMOS QUE SUA ECONOMIA CONTINUE VIVA!!!