Não anulação do concurso CBMDF QBMG-2

Já assinou 0 pessoa. Ajude a chegar a 1.500.


Venho, como cidadão e na condição de candidato do Concurso Público para o cargo de Condutor e Operador de Viaturas do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, manifestar-me contrário à recomendação proferida pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público - PRODEP, nº 3/2017, a respeito da anulação da primeira etapa do certame. Gostaria que os promotores responsáveis verificassem os fatos e os depoimentos dados com cautela, buscando a veracidade das alegações apresentadas nas denúncias e tomando ciência de que existem muitos candidatos que também não concordam com a anulação do certame, pois os contratempos ocorridos foram sanados e todos os fatos foram registrados em ata oficial, com a assinatura de testemunhas em todas as salas de aplicação de provas. Ademais, a banca Idecan, responsável pelo concurso, disponibilizou a todos nós, candidatos, o espelho da folha de resposta que preenchemos com nossas respectivas assinaturas e digitais, mantendo a lisura e confiabilidade do certame. Espero que os promotores busquem as provas necessárias com nós, candidatos, com o CBMDF e com o Idecan para não prejudicar injustamente aqueles que de fato estudaram, se desgastaram físicamente e emocionalmente, se prepararam e lograram êxito nessa prova.



Hoje: Thales Macedo está contando com você!

Thales Macedo Rodrigues precisa do seu apoio na petição «MPDFT: Não anulação do concurso CBMDF QBMG-2». Junte-se agora a Thales Macedo e mais 1.184 apoiadores.