Término do pagamento do "auxílio-moradia" para juízes federais e estaduais, promotores e procuradores do Brasil

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500.000!


Atualmente, há 12.262 integrantes do Ministério Público e 16.429 juízes. Portanto, se for considerado o valor de R$ 4,37 mil, o custo da concessão de auxílio-moradia será de aproximadamente R$ 125,5 milhões por mês! Isso dá R$ 1,5 bilhão por ano! 

Além disso esse dinheiro não precisa ser comprovado que está sendo usado para pagamento de moradia. Por ter caráter indenizatório (compensar despesa gerada pelo trabalho), não é cobrado Imposto de Renda sobre a verba. 

Os gastos particulares de cada agente público, inclusive com moradia, devem ser custeados pela sua própria remuneração, que não é baixa.



Hoje: José está contando com você!

José Pantoja Neto precisa do seu apoio na petição «Ministros do STF: anulem o "auxílio-moradia" para juízes, promotores e procuradores do Brasil». Junte-se agora a José e mais 304.760 apoiadores.